Camisas de time, sabonetes e até Ferrari: os desejos de Natal de idosos que vivem em abrigo no Ceará

Lar Três Irmãs, com sedes em Fortaleza e Caucaia, criou campanha para doação de presentes; saiba como participar

Raimunda pede uma toalha branca de presente de Natal
Legenda: Raimunda pede uma toalha branca de presente de Natal
Foto: Divulgação

Odete quer ganhar suco de uva como presente de Natal. Rita quer uma colônia. Luiz, por outro lado, quer um pacote de fraldas; enquanto Rogério sonha em ganhar uma Ferrari amarela. Eles e mais 55 idosos vivem no Lar Três Irmãs, no Ceará, que realiza uma campanha de doação de presentes no fim de ano.

“Eles ficam no céu!”, exclama Thaynara Almeida, coordenadora da sede da instituição em Fortaleza (há uma unidade também em Caucaia). “Cada presente que chega com uma cartinha, um bilhete, eles se sentem muito amados”, complementa.

É o quarto ano em que os idosos, a maioria em situação de vulnerabilidade e sem vínculos familiares, revelam os desejos que sonham em realizar no período natalino – pedidos simples, na maioria dos casos, mas planejados e sonhados.

Maria das Graças pede um vestido estampado de presente de Natal
Legenda: Maria das Graças pede um vestido estampado de presente de Natal
Foto: Divulgação

Maria das Graças Abreu, por exemplo, já mora na instituição há três dos 82 anos de vida. Nasceu em Canindé e viveu na capital cearense “com a família toda”. Hoje, vive dos vínculos com “os amigos e amigas” do Lar. 

Neste Natal, o pedido que tem é objetivo: quer “muito” (!) um vestido estampado. Assim como Antônia, Heloísa, Maria, Margarida, Necy e Terezinha, como mostram as plaquinhas divulgadas pelo Lar.

Eu gosto muito de Natal porque toca muita música bonita, sou apaixonada por música de Natal. ‘Noite feliz, noite feliz…’
Maria das Graças
82 anos

Shirley pede um creme para o rosto de presente de Natal
Legenda: Shirley pede um creme para o rosto de presente de Natal
Foto: Divulgação

A maioria dos presentes pedidos são peças de roupas, pijamas, pacotes de fraldas, relógios, colônias e outros produtos de higiene pessoal. Shirley Lopes, que se espantou ao ouvir que já tem 87 anos, quer um produto para amenizar os efeitos desse “tempo que passa rápido demais”.

“Eu adoro creme pra botar no meu rosto, mas o meu acabou-se”, justifica a idosa, que mora na instituição há um ano – e cuja memória, em toda frase, sempre retorna aos pais. “Morava no Jardim América com minha mãe, meu pai... Eu adoro o Natal, porque lembro deles.”

Um dos pedidos, entretanto, destoa de todos os outros: Rogério Mikai, 76, arrancou risadas da equipe do Lar Três Irmãs ao revelar que quer “uma Ferrari amarela”.

Rogério pede uma Ferrari amarela de presente de Natal – mas talvez um relógio de pulso digital ou um boné seja mais fácil de ganhar
Legenda: Rogério pede uma Ferrari amarela de presente de Natal – mas talvez um relógio de pulso digital ou um boné seja mais fácil de ganhar
Foto: Divulgação

“Quero uma Ferrari porque é um carro da onda. Quando o cara anda com a Ferrari, as pessoas passam e dizem ‘olha, uma Ferrari!’. Quando é um Fusquinha, ninguém nem vê”, observa o idoso, que vive no lar há três anos. 

A gestora da unidade, contudo, facilita: um relógio de pulso digital (daqueles sem ponteiros), um chapéu ou um boné também seriam bons presentes.

Como doar um presente

Quem tiver interesse em apadrinhar um ou mais idosos e realizar os desejos de Natal deve entrar em contato com o Lar Três Irmãs e agendar a entrega dos presentes em Fortaleza, no bairro Montese, ou em Caucaia, na Lagoa do Banana.

Na página do Instagram, é possível ver as fotos e os pedidos de todos os idosos.

Na unidade da capital, não está autorizada a realização de visitas aos idosos, diante do risco de infecção pela Covid-19. Já em Caucaia, é possível agendar uma visita e entregar o presente pessoalmente, desde que apresente passaporte de vacinação.

O Lar Três Irmãs é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, mantida pela renda dos próprios idosos e por meio de doações, como explica Thaynara Almeida. Além dos presentes de Natal, “doações de alimentação, fraldas, materiais de higiene pessoal e de limpeza são sempre bem-vindos”, pontua.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza