Veja quem serão os porta-bandeiras do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

Os medalhistas olímpicos Ketleyn Quadros e Bruninho serão a primeira dupla a carregar a bandeira brasileira nas Olimpíadas

Bruninho e Ketleyn Quadros
Legenda: Medalhistas olímpicos Bruninho e Ketleyn Quadros vão carregar a bandeira brasileira no Estádio Olímpico de Tóquio
Foto: Divulgação/Comitê Olímpico

Pela primeira vez, haverá uma dupla brasileira de porta-bandeiras em uma cerimônia de abertura das Olimpíadas. Os medalhistas olímpicos Ketleyn Quadros e Bruninho terão a missão de carregar a bandeira brasileira no Estádio Olímpico de Tóquio no próximo dia 23.

Ketleyn Quadros foi bronze no judô e Bruninho ganhou a medalha de ouro no vôlei nas Olimpíadas de Pequim. A dupla foi anunciada pelo Comitê Olímpico do Brasil na noite desta sexta-feira (16).

Os porta-bandeiras brasileiros entrarão no estádio em roupas inspiradas nas cores do Brasil, leves e informais. Eles só se encontrarão na Vila Olímpica na próxima semana.

Hoje, Ketleyn está em Hamamatsu com a delegação do judô, enquanto Bruninho está em Ota com a seleção masculina de vôlei.

Ketleyn Quadros

Ketleyn será a primeira mulher judoca a empunhar a bandeira do Brasil em nas Olimpíadas. Ela também foi a primeira mulher do País a conquistar uma medalha em provas individuais, nas Olimpíadas de 2008.

"Estou muito orgulhosa de representar não só o judô, que é o esporte da minha vida, mas também as mulheres brasileiras, guerreiras e lutadoras. Fico muito emocionada com o convite", disse. 

A atleta vai para Tóquio em busca de uma nova medalha olímpica na categoria até 63kg.

Bruninho

O levantador da seleção olímpica brasileira já acumula medalhas. Além do ouro conquistado no Rio em 2016, ele recebeu prata em Pequim 2008 e Londres 2012.

"É a primeira vez que alguém do vôlei de quadra terá essa honra. É um esporte que, depois da Geração de Prata, está sempre trazendo medalhas. É um reconhecimento a quem veio antes, pessoas com quem aprendi, me inspirei e que poderiam ter tido essa honra antes de mim", se orgulha. 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados