Rogério Ceni exalta entrega coletiva do Fortaleza em vitória no Clássico-Rei: "principal ponto"

Com a vitória, o Fortaleza garantiu a liderança do Campeonato Cearense

ceni
Legenda: Rogério Ceni, treinador do Fortaleza
Foto: JL Rosa

A vitória do Fortaleza por 2 a 1 sobre o Ceará, no Clássico-Rei desta quarta-feira (15), aconteceu com boa atuação. Não somente o resultado, mas também o desempenho agradou o técnico Rogério Ceni, que após o jogo, exaltou a entrega coletiva da equipe.

>Ceni, Guto Ferreira, gols, análises, classificação: veja todas as repercussões do Clássico-Rei

"Os primeiros cinco minutos o Ceará foi bem, depois a gente equilibrou o jogo, talvez pelo fato do conjunto, apesar que o time do Ceará, em si, há muito tempo é esse. Logicamente que a metodologia muda de treinador para treinador. Mas eu acho que a disposição para buscar o segundo gol, o terceiro, foram pontos positivos. Como um todo, a disposição de todos aqueles que entraram em campo talvez seja o ponto principal nesse momento de volta de pandemia. A entrega de todos. Eles já sabem as jogadas como nós fazemos, as trocas de passes, o padrão que a gente tem. Executaram bem. Devagarinho, vamos melhorando", declarou o treinador.

Ceni elogiou ainda os homens de frente, que tiveram boa atuação, mas ligou o alerta para o gol sofrido no fim.

"Tivemos boa força de David, Romarinho e Yuri no 1x1. Ganharam duelos importantes. Podemos preservar esses jogadores para esse jogo. Você perde na falta de ritmo, mas ganha na parte física. Acho que nós estivemos um pouco melhor fisicamente no jogo, mas sempre tem muito equilíbrio. Tomamos um gol no final, clássico é complicado. Acho que foi até um grande aviso pra gente. Importante ter sofrido esse gol porque é um alerta pra gente", destacou.

Garantido nas semifinais do Campeonato Cearense como líder da fase classificatória, o Tricolor espera definição do adversário para jogar no sábado (18) por vaga na decisão. Guarany de Sobral e Atlético-CE são os possíveis adversários. A definição sai nesta quinta-feira (16).