Incontestável: Fortaleza vence Estadual com 90% de aproveitamento e 3 vitórias contra o Ceará

Tricolor do Pici não deu chances para os adversários durante a competição

Legenda: Tricolor venceu o Ceará três vezes na competição. Em duas das vitórias com gols de Tinga
Foto: Thiago Gadelha

O Fortaleza entrou para a disputa do Campeonato Cearense focado em conquistar o bicampeonato. Com um time reforçado e empolgado com a grande Série A do Brasileiro do ano passado, quando foi 9º e se classificou para a Copa Sul-Americana. Mesmo com as disputa da Copa do Nordeste em paralelo, o Tricolor de Aço fez um campeonato cearense muito seguro, utilizando seu elenco nas fases iniciais. Rogério Ceni fez valer o elenco que tem e Edson Cariús foi o nome dos jogos iniciais, quando o Leão entrou no estadual à partir da 1ªFase.

Ele marcou o gol da vitória na estreia, diante do Caucaia, no último minuto em jogo no Presidente Vargas e manteve o faro de gol nos duelos contra Atlético (5x0) e Pacajus (3x0), com um gol em cada jogo.

Na 4ª rodada, o Tricolor de Aço sofreria sua 1ª derrota no Estadual, ao perder por 1 a 0 o Clássico das Cores para o Ferroviário, com gol contra de Quintero.

Números:

  • 90% 

O Leão teve um aproveitamento alto em 10 jogos, de 90%. São 9 vitórias e apenas uma derrota. Foram 24 gols marcados e apenas 5 sofridos.

  • Edson Cariús 

O artilheiro do Tricolor de Aço foi Edson Cariús. Ele marcou 4 gols, todos na 2ª Fase, sendo importante no início de campanha. Pelo destaque, foi emprestado para o Al Jabalain, da Arabia Saudita

  • 43 estaduais

Com o bi-campeonato cearense conquistado ontem, o Leão do Pici chegou a sua 43ª conquista. Na década, já são 5: 2010, 2015, 2016, 2019 e 2020.

Legenda: Jogo anterior terminou em goleada para o Leão
Foto: Foto: Pedro Chaves/ FCF

Após a derrota, o Tricolor golearia dois adversários, Barbalha (4x2) e Guarany de Sobral (5x0), este último marcando o retorno do futebol, no dia 13 de julho, após paralização pela pandemia da Covid-19, com mais um gol de Edson Cariús e da estrela Yuri César.

Já classificado antecipadamente, o Tricolor garantiu o 1º lugar da 2ª Fase ao vencer o Ceará por 2 a 1 na 7ª com gols de Wellington Paulista e Yuri César. A vitória do Clássico seria determinante para o título leonino, por garantir uma vantagem nos dois jogos finais.

Ouça o 'FortalezaCast':

Powered by RedCircle

Na semifinal em jogo único, contra o Guarany de Sobral, o Tricolor de Aço não fez uma partida brilhante, jogou para o gasto, vencendo por 1 a 0 com gol de Tiago Orobó, um herói improvável.

E nos dois jogos finais contra o Ceará, o Leão do Pici fez valer a vantagem que tinha e se sagrando campeão cearense com justiça. No jogo de ida, o Tricolor de Aço venceu por 2 a 1, com gol de Tinga nos acréscimos, podendo até perder por um gol de diferença no 2º jogo da final. E ontem, o Tricolor de Aço voltou a vencer o Ceará, agora por 1 a 0, gol de Tinga, consagrando um grupo que foi soberano ao longo do campeonato.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte