Bicampeão: Fortaleza vence Ceará novamente com gol de Tinga e fatura Campeonato Cearense

Placar agregado da final foi de 3 a 1 para o Tricolor do Pici

Legenda: Profissionais do Fortaleza erguem a taça de bicampeão cearense
Foto: Thiago Gadelha

O Fortaleza venceu o Ceará por 1 a 0 nesta quarta-feira (21), na Arena Castelão, e é bicampeão cearense. O gol foi marcado pelo lateral Tinga aos 15 minutos do 2º tempo. O placar agregado foi de 3 a 1 para o Leão do Pici, que conquistou seu 43º título estadual.

O jogo

A final começou com a intensidade que o Ceará prometia e necessitava, comandando as ações no ataque e deixando o Leão em seu campo. Vina e Rafael Sóbis se movimentavam muito à frente e acertaram duas bolas na trave: a 1ª, aos 12 minutos, com finalização do camisa 29, e a 2ª apenas quatro minutos depois, do camisa 11, no travessão.

Legenda: Tinga marcou dois gols nas duas finais
Foto: Thiago Gadelha

A estratégia tricolor foi apostar nos contragolpes, com Ronald e Tinga pelos lados do ataque abastecendo Romarinho e David no comando ofensivo do 4-4-2 de Rogério Ceni.

O lance mais periogoso para o Tricolor veio justamente em um vacilo na troca de passes do Vovô no meio, com Charles tocando para trás e Romarinho arrancando pela esquerda. O camisa 20 passou pela marcação e tocou para David na pequena área após a saída de Prass, mas o zagueiro Luiz Otávio interceptou a bola, aos 29 minutos.

Legenda: Carlinhos em marcação de Sobral
Foto: Kid Junior

O ritmo caiu na reta final do 1º tempo, com Fabinho menos intenso e os laterais sem tanto apoio no Ceará, principalmente pela esquerda, onde Léo Chu era a válvula de escape do time de Guto Ferreira.

A etapa final começou assim como a 1ª: Ceará no setor ofensivo e apostando no drible de Léo Chu pela esquerda, responsável pelo principal lance do 2º tempo para o Vovô. O camisa 26 cruzou pela esquerda e a bola passou por Sóbis, Vina e acabou nos pés de Leandro Carvalho, vindo do banco, que não domina bem na área, desperdiçando grande chance.

Em seguida, um lance semelhante ocorreu pelo lado direito. Vina avançou pela direita da área e cruzou para o meio, mas nem Sóbis nem Léo alcançaram o toque.

O gol tricolor veio aos 15 minutos, dos pés de Tinga, herói tricolor na final, já tendo marcado no jogo passado. Yuri César chamou Fabinho para dançar na área pela esquerda e cruzou para a pequena área. Tiago tentou desviar e acabou atrapalhando Prass, logo atrás. Bola bateu no travessão e sobrou para o lateral direito, que chutou para o gol. 

Legenda: Lance do toque de Tinga para a meta alvinegra
Foto: Thiago Gadelha

Guto Ferreira optou por poupar os principais atletas, sacando Charles, Léo Chu, Sóbis e Vina para lançar ao campo Felipe Silva, Ricardinho, Rodrigão e Saulo Mineiro, este último fazendo sua estreia.

O Fortaleza administrou a vantagem com tranquilidade, aguardando em sua defesa e mantendo a posse de bola quando a tinha. Ceni mandou ao gramado Osvaldo, Derley e Marlon para ajudar na intensidade de marcação.

Ouça o podcast 'FortalezaCast'

Powered by RedCircle

Antes do apito final, Leandro Carvalho recebeu cartão vermelho direto por ofensa ao árbitro.

O próximo adversário do Ceará é o Coritiba, neste sábado (24), às 19h, no Castelão, pelo Brasileirão. Já o Fortaleza encara o São Paulo neste domingo (25), às 20h30, no Morumbi, pelo jogo de volta da Copa do Brasil.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte