Daniel Cargnin conquista bronze no Judô para o Brasil nas Olimpíadas

O judoca conquista segunda medalha para o Brasil em Tóquio

Atleta na arena
Legenda: O gaúcho Daniel Cargnin derrotou o israelense Baruch Shmailo
Foto: Gaspar Nóbrega/COB

O brasileiro Daniel Cargnin, de 23 anos, conquistou a medalha de bronze, na manhã deste domingo (25), na semifinal da categoria até 66kg do judô nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O judoca havia ficado fora da final na disputa com o japonês bicampeão mundial Hifum Abe.

Na competição pelo bronze, o gaúcho enfrentou o israelense Baruch Shmailov, derrotado nas quartas de final e classificado para disputar o terceiro lugar na repescagem.

Essa é a estreia de Cargnin em Olimpíadas. O atleta foi vice-campeão dos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019. 

Superação

Com 23 anos, o judoca, nascido em Porto Alegre e criado em Canoas (RS), enfrentou um desafio para chegar ao pódio olímpico. No fim de maio deste ano, ele testou positivo para a Covid-19, e não conseguiu participar do Mundial de Budapeste, útima competição antes dos Jogos.

Em Tókio 2020, Cargnin venceu o egípcio Mohamed Abdelmawgoud no golden score, com um ippon nos primeiros segundos. Nas oitavas de final passou por Denis Vieru, da Moldávia. Nas quartas de final, superou o número 1 do mundo, o italiano Manuel Lombardo, ao imobilizar o rival com um waza-ari a poucos segundos para o fim. 

O bronze de Cargnin foi a 23ª medalha do judô brasileiros em Jogos Olímpicos.  

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados