Corrupção em Maracanaú: ex-presidente da Câmara e 11 servidores são acusados de 192 crimes; entenda

Carlos Alberto Gomes de Matos Mota foi alvo da "Operação Fantasma", do Ministério Público, que apura crimes de peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa. Ele está detido desde outubro