Maia e Bolsonaro trocam farpas às vésperas de votação de crédito extra

Após ter a votação adiada, o presidente passou a pressionar em público o Congresso para aprovar Projeto de Lei que concede R$ 248,9 bilhões de crédito suplementar; presidente da Câmara sai em defesa do Legislativo