Embora falhos, Caps são vistos como espaços efetivos de tratamento

Os Centros de Atendimento Psicossocial (Caps) são unidades alternativas ao modelo manicomial e, ainda que guardem pontos críticos, são equipamentos estruturantes da rede de atendimento, ofertando inclusive terapias integrativas