Novos negócios: veja 10 nichos de mercado que prometem crescer em 2021

Atividades que se fortaleceram durante a pandemia, como os deliverys e educação à distância, devem continuar em alta

fotografia
Legenda: A busca por saúde, qualidade de vida e estética tem impulsionado o segmento de alimentação saudável
Foto: Arquivo

O ano começou e um das promessas que muitas pessoas devem ter feito para 2021 é tirar o sonho do próprio negócio do papel. O medo da crise, no entanto, pode gerar dúvidas nos futuros empreendedores. Inserido no mundo dos negócios há mais de dez anos, o empresário Gérlio Soares Figueiredo aponta dez nichos de mercado que devem se destacar no ano.

No topo da lista aparece o segmento de alimentação saudável. Isso porque é a alimentação é uma necessidade básica e as pessoas estão buscando se alimentar melhor nos últimos anos. "As pessoas estão procurando qualidade de vida, saúde e também a parte estética. É um ramo que vem sendo bem importante", afirma Figueiredo.

Mobilidade e delivery

Os serviços ligados a mobilidade urbana e delivery aparecem logo em seguida, tendo sido impulsionados durante a pandemia pela necessidade do isolamento social. "Alguns estudos aponta que a parte de transporte e entregas bateu recorde no ano passado. E as empresas desse segmento têm conseguido uma aumento significativo no mercado de capitais", aponta.

Mercado pet

Na contramão de muitas atividades que vem sofrendo com a crise nos últimos anos, o mercado pet tem apresentado constantes avanços, que devem continuar este ano. Segundo Figueiredo, o sentimento de que o animal é parte da família tem sido cada vez mais disseminado, fortalecendo o setor e abrindo o leque de opções disponíveis.

Com o objetivo de melhorar o posicionamento no mercado de trabalho e também socialmente, as consultorias de imagem também devem estar em alta em 2021. "É como aquele ditados populares: 'você é o que você mostra' e 'a primeira impressão é a que fica'. As pessoas querem estar mais bem apresentadas", destaca.

Com uma população tradicionalmente consumidora de bebidas alcoólicas, os negócios que distribuem e entregam bebidas em casa têm grande oportunidade de fazer sucesso em 2021. Figueiredo lembra que, passando mais tempo em casa durante a pandemia, as pessoas continuam consumindo bebidas alcoólicas.

O empresário ainda acredita na demanda elevada para o mercado de coaching, que, segundo ele, tem ajudado muitas pessoas a conseguirem um direcionamento para seus objetivos.

Já no âmbito do digital, ele indica três nichos com potencial de crescimento: o marketing digital, o e-commerce de produção própria e a educação online. "Hoje tudo funciona com tecnologia e, com a pandemia, isso ganhou uma força muito grande. O marketing digital é uma ferramenta essencial para vendas", afirma.

Já o e-commerce de produção própria, conforme Figueiredo, seria uma plataforma que concentra produtos de diversas marcas e lojas, facilitando o acesso do consumidor e aumentando o leque de opções.

Por fim, a Educação à Distância (EaD) foi a forma que as instituições de ensino tiveram de continuar as aulas durante a pandemia, tendências que deve ser continuada fortemente, em especial por proporcionar redução de custos. "Um curso que era presencial e tinha um professor que dava aula para 40 alunos, agora ele consegue dar para 800 alunos de uma vez só. Então, é algo que vai ficar de vez", aposta.

Confira o ranking completo:

  1. Alimentação saudável
  2. Mobilidade urbana
  3. Serviços de entrega
  4. Mercado pet
  5. Consultoria de imagem
  6. Distribuidora de bebida
  7. Coaching
  8. Marketing Digital
  9. E-commerce de produção própria
  10. Educação online
Quero receber conteúdos exclusivos do Vem Empreender