Bruno Covas recebe alta da UTI

O prefeito de SP licenciado aguarda liberação de leito na unidade semi-intensiva do Hospital Sírio-Libanês

Alta de Bruno Covas
Legenda: O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, nesta terça-feira (4)
Foto: Leon Rodrigues/Secretaria de Comunicação de São Paulo

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, nesta terça-feira (4). Ele foi internado no domingo (2) para tratar de efeitos adversos do tratamento contra o câncer e agora aguarda liberação de leito na unidade semi-intensiva do hospital.

Os médicos que acompanham o prefeito divulgaram a informação em uma coletiva de imprensa no início da tarde.

O infectologista David Uip, que integra a equipe médica do prefeito, disse que Covas dormiu a noite toda, passa bem, mas não há "qualquer previsão de alta".

Ele foi transferido para a UTI na segunda-feira (3), para tratar de uma hemorragia identificada no local do tumor original, na passagem do esôfago para o estômago. O sangramento foi controlado. 

Segundo David Uip, a equipe médica considera o sangramento como um evento pontual.

“No caso, foi um sangramento gástrico, mas poderia ter sido uma infecção ou qualquer outra contingência. Como tal, este procedimento foi enfrentado. Foi enfrentado o sangramento, foi estancado o sangramento, o paciente foi para uma unidade de terapia intensiva e acaba de ter alta”, afirmou Uip.

Covas está disposto, segundo disseram os médicos na coletiva, segue fazendo piadas e até manifestou preocupação em conseguir acompanhar a partida entre seu time, Santos, e o The Strongest, da Bolívia, pela Copa Libertadores da América.

"Está animado, revigorado, fazendo piadas. Mesmo diante das dificuldades, procura descontrair", disse o oncologista Tulio Pfiffer, membro da equipe. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil