Ambulante viraliza na web após tocar música de Frank Sinatra em piano de shopping em Salvador

Vendedor, além do piano, toca vários outros instrumentos musicais

Ambulante tocando piano enquanto jovem
Legenda: "Dirceu Teclados" conquistou a esposa após tocar música em homenagem a ela
Foto: reprodução/TV Bahia

Um multi-instrumentista que trabalha como ambulante viralizou na internet após um dia de trabalho. No entanto, a repercussão veio não em razão das vendas, mas, sim, de seu talento: ele tocou a canção "My Way", de Frank Sinatra, em um shopping no bairro da Barra, em Salvador, e comoveu internautas. As informações são do portal G1.

Adilson Rafael da Cruz, também conhecido como "Dirceu Teclados", trabalha como ambulante, vendendo pipoca nos ônibus soteropolitanos. Ao G1, ele comentou ouvir o som do piano assim que entrou no shopping, como normalmente faz após terminar suas vendas nos transportes públicos.

"Eu ouvi aquele som, que chamou minha atenção. Pensei: ‘é música’. Ao encontrar a música, o instinto musical baixa. Atrai. Fui lá e tinha uns adolescentes brincando de fazer música. Aí eu pedi a eles para tocar", comentou ele, multi-instrumentista. “A música inspira a gente para fazer coisas boas”.

Além de piano, o ambulante toca teclado, contrabaixo, guitarra e violão — este o primeiro instrumento aprendido, após lições do pai, que era militar.

A performance ocorreu no estabelecimento na última sexta-feira (30), segundo a assessoria do shopping. Na gravação, feita por clientes do centro comercial, o pianista aparece usando máscara tocando acordes no instrumento, localizado na praça da alimentação há cerca de três anos.

Várias pessoas, também usando itens de proteção, acompanham a apresentação. Ao fim da canção, os clientes o aplaudem.

Acordes românticos

Casado há 30 anos, o pianista conta ter conquistado a esposa, Marina, ao tocar canção homônima de Dorival Caymmi

“Quando ele tocava essa música, Marina, eu me emocionava bastante, gostava de ouvir. E sempre ele tocava olhando para mim. ‘Marina chegou, Marina chegou’. Me conquistou pela música”, lembra a esposa, Marina Franco.

De lá para cá, o casal teve três filhas e seis netos. Embora o marido de uma das filhas de Adilson trabalhe no mesmo shopping em que o vídeo foi gravado, a família só soube do ocorrido após a gravação circular na internet.

Patrícia Franco diz que o marido, no dia seguinte à gravação, contou ao shopping que o pianista era sogro dele. "Achavam que ele era morador de rua, só que ele não é. Ele tem moradia fixa, tem família", ressalta ela, complementando com o amor pelo pai. "Para mim, ele é um herói. Ele é tudo para a gente".

Pausa na carreira

A esposa de Adilson, que tem diversas fotos de apresentações durante a juventude, conta que ele parou de tocar após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) após um assalto — a venda de pipoca nos coletivos veio para manter o sustento da família.

"Um dia saiu de dentro de casa, normal, foi pagar umas contas. E quando eu cheguei de tarde, recebi um telefonema que ele tinha dado um AVC, tinha caído na rua, por conta desse assalto. Aí ele ficou 15 dias internado", relembra, pontuando que a vida da família mudou totalmente.

"A gente foi passando por momentos difíceis, vendendo pipoca em ônibus, essas coisas, para ajudar em casa".

Depois de viralizar na web, o pianista foi convidado para ser atração musical no shopping. Os shows começaram às 16h desta sexta (6), mas seguirão no sábado (7), no mesmo horário, e no domingo (8), das 15h às 17h.