Confira lista de modelos de carros que tiveram nova alta de preços

De acordo com levantamento, o Volkswagen Gol hoje beira os R$ 90 mil

Legenda: A versão completa do Gol beira os R$ 90 mil
Foto: Divulgação

A inflação tem agido diretamente no preço dos veículos novos no país. Em mais recente alta, carros antes tidos como populares já se aproximam dos R$ 90 mil, de acordo com levantamento feito pelo Jornal do Carro, do Estadão.

A versão de entrada do Volkswagen Gol 1.0 passou de R$ 64.950 para R$ 65.590, uma alta de R$ 640. O modelo topo de linha, com motor 1.6 e câmbio automático de seis marchas já chegou a R$ 80.690 e o valor pode chegar a R$ 89.490 caso o cliente queira o pacote Urban Completo (R$ 7.190), que traz mais equipamentos e detalhes estéticos.

Voyage 

Da mesma montadora, os modelos Voyage e Saveiro também tiveram novas aumentos. O Voyage 1.0 registrou alta de R$ 760, com o preço saltando de R$ 75.190 para R$ 75.950.

Foto: Divulgação

Os clientes que quiserem a versão top de linha têm que desembolsar R$ 88.290, R$ 900 a mais que os R$ 87.390 praticados anteriormente. Com todos os opcionais, no entanto, o modelo chega perto dos R$ 100 mil.

Saveiro

A picape está mais cara que sua rival direta, a Fiat Strada. Os preços partem de R$ 70.990 (versão Robust CS), um aumento de R$ 300 em relação ao preço anterior. Quem quiser a versão mais completa deve desembolsar R$ 700 a mais e pagar quase R$ 110 mil na opção topo de linha (Cross), já com a pintura metálica inclusa.

Foto: Divulgação

A concorrente na configuração Volcano, completa, a está custando R$ 104.930 atualmente. 

Commander

O aumento de preços também chegou aos SUVs. Recém chegado nas ruas, o Commander já teve alta nos preços em aproximadamente 3%. Em termos de valores, são R$ 6.000 extras nas versões Limited e R$ 8.000 nas configurações Overland.

Foto: Divulgação

Os novos preços agora variam entre R$ 205.990 e R$ 287.990. Até então, os preços iam de R$ 199.990 a R$ 279.990.

De acordo com a Jeep, o aumento nos preços também englobará quem encomendou o carro a partir de 31 de agosto. Nesse caso, caso queira desistir da compra, o cliente receberá a devolução dos R$ 5.000 pagos como garantia.


Assuntos Relacionados