PM agride homem com tapas e chute durante abordagem em caso de som alto na Aerolândia; veja

Corporação justificou que foi recebida com violência pela comunidade

Escrito por Redação, seguranca@svm.com.br

Segurança

Um homem foi agredido com dois tapas e um chute por policiais militares que atendiam a uma ocorrência de perturbação do sossego alheio nesse domingo (16), no bairro Aerolândia, em Fortaleza. Um dos agentes também fez um disparo. A PM, no entanto, alega que foi recebida com violência pelos moradores, mas disse não compactuar com "possíveis excessos".

Em vídeo gravado por moradores que presenciaram a abordagem, o homem aparece sendo espancado com golpes no rosto e na altura da cintura. Nervosa, uma mulher que acompanha a cena chora e grita pedindo aos agentes para pararem as agressões. 

Por meio de nota, a PM informou que foi acionada para averiguar uma denúncia de som alto e aglomeração de pessoas. Porém, ao chegarem ao endereço, policiais da Força Tática (FT) teriam sido recebidos a "tiros por indivíduos armados que se evadiram".

A corporação continua o comunicado detalhando que parte das pessoas se recusou a baixar o volume do som e arremessou "garrafas, pedras e outros objetos em direção à equipe", além de um disparo de arma de fogo. Isto motivou a conduta da FT.

"Os PMs revidaram e efetuaram disparos com munições menos letais. Ainda durante as diligências, os militares identificaram e prenderam em flagrante quatro indivíduos. O grupo foi conduzido para o 2º Distrito Policial (DP)".

Os suspeitos foram autuados pelos crimes de desacato, resistência e desobediência conforme o Código Penal Brasileiro (CPB).

A PM garantiu ainda que determinou a apuração da conduta dos agentes de segurança "para possíveis responsabilização dos envolvidos" e que "não compactua com desvios de conduta de seus agentes".