André Costa acredita que 'normalidade' estará restabelecida até sexta-feira 

Secretário diz que prorrogação da GLO pode ser avaliada junto ao Governo Federal.

O secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa, afirmou na tarde desta segunda-feira (24), que não há previsão de adotar reintegração de posse de quartéis militares e que acredita que até a sexta-feira (28), a normalidade deverá ser restabelecida no Estado. 

A operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) em curso no Estado tem previsão de encerrar no próximo dia 28. Mas, segundo o secretário, esse prazo pode ser reavaliado.

“Não tem nenhuma previsão até o momento de reintegração. Não tem nada a se tratar sobre isso. Tudo isso tudo isso pode ser avaliado. Tem que ser questionado aos representantes do Governo Federal. Mas tudo isso pode ser reavaliado. É um prazo inicial. A gente acredita que até lá a gente consiga restabelecer a normalidade”, afirmou.  

André Costa participou de uma reunião com uma comitiva formada pelos ministros da Justiça, Sérgio Moro, da Defesa, Fernando Azevedo e Silva e da Advocacia Geral da União, André Luiz Mendonça, no Palácio da Abolição. O governador Camilo Santana também esteve presente. 

Diálogo com manifestantes

Sobre um possível diálogo com os representantes dos policiais que paralisaram as atividades, André Costa descartou reuniões com "pessoas encapuzadas" e "indivíduos que cometem crimes" e "ameaçam cidadãos". O secretário também afirmou que "não há possibilidade de anistia" para os envolvidos no motim.

"O que a gente não pode nunca é negociar com pessoas encapuzadas. Pessoas cometendo crimes e inclusive usando aparato da corporação como viaturas, motocicletas da corporação, armas da corporação, para ameaçar cidadãos", disse.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de segurança?