Vítima de acidente fatal em Acaraú decidiu viajar horas antes para acompanhar o filho em consulta

Mãe e filho morreram durante colisão entre um carro e um caminhão, em Acaraú

Uma das quatro vítimas da colisão entre um carro e um caminhão, em Acaraú, na tarde de ontem (26), Jonia do Nascimento, de 44 anos, resolveu viajar poucas horas antes para acompanhar o filho, Luís David do Nascimento, de 11 anos, que também morreu no acidente, em uma consulta médica, em Fortaleza. O pai da criança, identificado como Francisco Márcio Andrer Pereira, faria o trajeto no lugar da esposa, mas foi substituído. 

A troca de acompanhantes dificultou, inicialmente, a identificação dos corpos, que ficaram carbonizados após a colisão, já que o pai estava na lista inicial dos passageiros, cadastrados na Secretaria de Trabalho e Assistência Social de Jijoca de Jericoacoara. Mãe e filho moravam na Vila de Jericoacoara.  

Acidente
Legenda: Jonia do Nascimento substituiu seu marido como acompanhante do filho em cima da hora. Criança viajou para consulta em Fortaleza

A Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara disponibilizou o veículo para o transporte de outros dois pacientes, que também se consultariam na capital cearense: Eunice Araújo Teixeira, de 58 anos, morta no acidente, moradora da Jijoca e Francisco das Chagas Barros da Silva, que sobreviveu e está internado na Santa Casa de Sobral e reside do distrito Mangue Seco, no mesmo Município.  

 A outra vítima que morreu na colisão foi o próprio motorista do veículo, Carlos Renne dos Santos Morais, de 28 anos, que também morava na sede de Jijoca de Jericoacoara.   

O acidente  

O carro da Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara voltava de Fortaleza quando colidiu de frente com um caminhão, em uma curva, no quilômetro 225 da CE-085, no município de Acaraú, na tarde desta quinta-feira (27). O automóvel ficou em chamas após o impacto.  

Segundo o delegado Júlio Chiarini, titular da Delegacia Regional de Acaraú, o motorista do caminhão informou em depoimento que estava trafegando sentido Cruz-Acaraú quando o carro invadiu a contramão da rodovia. O homem e outras duas pessoas que estavam no caminhão não ficaram feridas. O condutor foi liberado após ser ouvido. 

O sobrevivente, Francisco das Chagas Barros da Silva, que estava sentado ao lado do condutor no veículo da prefeitura, foi resgatado do veículo pelo motorista do caminhão com o auxílio dos ajudantes. O homem estava em estado de choque e foi levado para o Hospital Maternidade Dr. Moura Ferreira, em seguida, foi transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral. 

Em nota, a Santa Casa de Sobral informou que ele deu entrada no hospital às 20h55 de ontem (26), onde passou por tomografias do abdômen e tórax. Francisco realizou, ainda, uma laparotimia exploradora - exame em que é feito um corte na região do abdômen para observar os órgãos e identificar a causa de determinado sintoma ou alteração em exames de imagem. Ele encontra-se em estado estável, na sala de Recuperação da instituição, aguardando leito para a enfermaria masculina.

A Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara confirmou que o carro pertence ao Município e foi disponibilizado para fazer o transporte de pacientes. O órgão ressalta que está dando apoio as famílias das vítimas. Os corpos foram levados ao IML de Fortaleza, pois, pode haver a necessidade de um teste de DNA para apontar a identificação das vítimas, exame este que não é possível ser realizado em Sobral. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará