Raio mata ovelhas e garrotes em Tabuleiro do Norte

Proprietário disse que o prejuízo foi de R$ 7 mil

Vinte e nove ovelhas e dois garrotes morreram ao serem atingidas por um raio na tarde deste domingo (9), no município de Tabuleiro do Norte, Região Jaguaribana do Ceará. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a chuva foi de apenas 20,0 milímetros.

Apesar de rápida, a chuva foi acompanhada de ventania e raios. Os animais tentaram se proteger da chuva, quando foram atingidas pelo raio. De acordo com a dono do rebanho, Pedro Silvério, os animais estavam saudáveis.
 

O fazendeiro  informou ao Diário do Nordeste que era por volta das 15h e chovia bastante no momento em que o mesmo se preparava para tocar os animais para o curral. Ele conta que viu um forte clarão e ouviu um estrondo muito forte. E percebeu que um raio havia caído próximo a sua propriedade. Ao total foram 29 ovelhas e dois bois que morreram atingidos pela descarga elétrica. Um prejuízo de R$ 7 mil.

“Ouvi um barulho chega que o cavalo se assustou. Ai começou as ovelhas a berrar. Ai eu pensei. Pegou as ovelhas, eu pensei. Ai esperei um pedaço. Ai fui olhar. Quando cheguei vi pelo menos dez ovelhas mortas. Olhei para outro lado mais animais mortos. Prejuízo de R$ 7 mil”, afirmou desapontado.

O supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Funceme, Raul Fritz, explica que poucas chuvas acompanhas por raios é comum e está mais relacionado a nuvem cumulonimbus que fica em grande altitude.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará