Programação celebra os 150 anos de ordenação do Padre Cícero

Até o dia 30 de novembro, atividades culturais e religiosas acontecem, diariamente, em formato virtual e presencial

Juazeiro
Legenda: Os 150 anos de ordenação do Padre Cícero são celebrados com programação virtual e presencial
Foto: Antonio Rodrigues

A Basílica de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro do Norte, realiza as celebrações alusivas aos 150 anos de ordenação sacerdotal do Padre Cícero Romão Batista. A programação segue, de forma presencial e virtual, até o próximo dia 30, data que marca o exato sesquicentenário. Além de missas, o calendário inclui palestras, entrevistas, exibições de filmes, festival de poesias, entre outras atividades culturais e religiosas.

Havia uma grande expectativa de público para as romarias deste ano, justamente pelos 150 anos de ordenação do Padre Cícero, mas que teve que ser repensadas por conta da pandemia da covid-19. Mesmo assim, o evento foi mantido. “Renderemos graças a Deus pela vida sacerdotal e serviço eclesial do Padre Cícero, que permanece vivo na memória, na devoção e no carinho do povo que o tem como “padrinho” e intercessor junto à Mãe das Dores”, ressaltou o bispo dom Gilberto Pastana de Oliveira, da Diocese de Crato.

Em nove de dez dias de programação, haverá o “Conhecendo o padrinho da nação romeira”, um ciclo de palestras contando a história do fundador de Juazeiro do Norte. Além disso, terá o “Cine Padre Cícero”, com sessão de cinema diária, sempre às 13h, com filmes sobre Juazeiro do Norte, o próprio sacerdote e também temas regionais, como o Caldeirão da Santa Cruz do Deserto e a vida do poeta Patativa do Assaré.

O encerramento, no dia 30, às 19h, terá uma missa celebrada pelo próprio bispo Dom Gilberto Pastana, seguindo de show pirotécnico. Toda programação poderá ser acompanhada pela TV WEB Mãe das Dores Juazeiro e pelo canal da Diocese de Crato, ambos no YouTube.

“Nós estamos confiantes, apesar da programação ser repensada por causa da covid-19, mas felizes por realizar dez dias intensos, com vasta programação com objetivo do Padre Cícero ficar mais conhecido, amado e seguido”, observou o padre Cícero José da Silva, reitor da Basílica de Nossa Senhora das Dores.

O pároco ressalta a “missão” assumida pelo Padre Cícero, que foi “tomar conta do povo”, acredita Cícero José. “Quando aqui chegou, não eram mais 30 casas, uma capela em ruína, hoje somos uma Basílica Santuário, uma cidade com mais de 270 mil habitantes, além da quantidade de romeiros. Isso foi foi por causa do seu ‘sim’ à sua missão”, acrescenta.

A programação completa pode ser acessada aqui: https://www.maedasdoresjuazeiro.com.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará