Hotel é multado por remoção ilegal de areia de duna na Prainha, no Ceará

O empreendimento foi multado em R$ 80 mil; veja vídeo do momento da retirada

Retroescavadeira retirando areia da duna
Legenda: A remoção da areia ocorreu nesta terça-feira (9)
Foto: VC Repórter

Moradores registraram a remoção ilegal de areia de uma duna, nesta quarta-feira (8), na Prainha, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza. O vídeo mostra o momento em que um motorista contratado pelo Condomínio Aquiraz Riviera opera uma retroescavadeira em área que deve ser preservada. 

Segundo o diretor do Departamento Municipal de Trânsito e de Transportes (Demutran) do município, Everton Acácio, a empresa desrespeitou os limites permitidos pelo órgão. O empreendimento foi multado em R$ 80 mil. 

“Nós autorizamos, todos os anos, a retirada de uma área próxima aos canos para eles serem cobertos e não causarem acidentes com ‘bugueiros’ e pessoas que passam pelo local. No entanto, a remoção ocorreu onde nós não havíamos autorizado”, explica. 

Em nota (veja na íntegra abaixo), o Condomínio Aquiraz Riviera afirmou que executou a cobertura de parte de tubulação do sistema público que estaria exposta e pediu desculpas por não ter feito a intervenção na presença de representantes dos órgãos ambientais municipais, “ainda que tivesse anuência verbal” para isso.

Nota de esclarecimentos
Legenda: Em nota, a prefeitura do município disse que "empenhará todos os esforços para identificar os responsáveis e puni-los".
Foto: Prefeitura de Aquiraz

O que diz o empreendimento

Leia a nota na íntegra: 

"Em relação aos fatos desta terça-feira, dia 8 de junho, o Condomínio Aquiraz Riviera esclarece que foi alertado recentemente de que uma parte da tubulação do sistema público de esgotamento sanitário da Cagece que atende a região se encontra perigosamente exposta por conta da ação dos ventos. 

A situação é motivo de preocupação para a comunidade, uma vez que pode acarretar risco de acidentes de trânsito a quem circula no local e até o rompimento da rede, com a emissão de resíduos para o meio ambiente.

Ao identificar esse problema específico, comunicamos o fato à Cagece e à Prefeitura de Aquiraz e nos disponibilizamos a resolver a situação por entender que o caso exigia celeridade na solução. Apesar da tubulação se tratar de um equipamento público, licenciado e mantido pela Cagece, sempre que requisitados ou quando necessário, temos envidado esforços para colaborar com as autoridades e com a concessionária no sentido de prevenir danos ao meio ambiente, especialmente mediante a disponibilização de meios em casos de emergência.

Ao dar apoio à equipe da Cagece que chegou ao local, nossa equipe técnica acabou se antecipando e, por um erro de comunicação interna pelo qual pedimos desculpas, a intervenção no local foi iniciada sem a presença de representantes dos órgãos ambientais municipais, ainda que tivéssemos a anuência verbal. 

Lamentamos o ocorrido e reafirmamos não compactuar com qualquer irregularidade, muito menos ações que possam afetar os bens protegidos ou o meio ambiente. Tendo em vista o ocorrido, informamos que as atividades no local foram suspensas e iremos aguardar a atuação dos órgãos responsáveis.

Condomínio Aquiraz Riviera".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará