Forro de imóvel cai em Juazeiro do Norte dois dias após ser entregue por Jair Bolsonaro

Queda da estrutura teria sido causada pelo deslocamento de um cano

queda de teto
Legenda: Estrutura cedeu e deixou a casa inundada, relata moradora
Foto: Raquel Gonçalves

Parte do forro do teto de um imóvel do Residencial Padre Cícero II, em Juazeiro do Norte, caiu na noite desse domingo (15), dois dias depois de ter sido inaugurado presencialmente pelo presidente Jair Bolsonaro. A queda da estrutura deixou o local inundado, segundo a proprietária Raquel Gonçalves. O empreendimento faz parte do programa Casa Verde e Amarela, que entregou 2.794 moradias a famílias de baixa renda. 

"Era umas 19h30. Eu tinha saído para fazer compras com meu filho e minha mãe ficou deitada. De repente, escutou uma zoada, começou sair água por tudo que é canto, o forro descolou e a casa ficou toda alagada", relata.

A mãe dela estava no quarto onde o teto desmoronou, mas não chegou a ser atingida. Embora não tenha tido ferimentos, a mulher ficou com a pressão baixa e precisou ser socorrida pelos vizinhos.

Raquel ainda irá contabilizar os danos materiais. Até agora, ela acredita que a única perda será a cama da mãe "porque está muito molhada e é possível que não sirva mais". 

A Caixa Econômica Federal (CEF), operadora do programa habitacional, comunicou que o problema ocorreu após vazamento da caixa d'água da residência, fazendo com que o forro cedesse parcialmente.

A instituição financeira afirma não haver risco para os demais imóveis e que a situação já foi normalizada.

"O banco esclarece que, assim que tomou conhecimento, acionou a construtora responsável, que já efetuou os reparos necessários", diz em nota. 

A Caixa informou, ainda, que disponibiliza o canal "De Olho na Qualidade" para atendimento a reclamações sobre possíveis danos físicos e vícios construtivos nos imóveis dos empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida, através do telefone gratuito 0800-721-6268 ou pelo site na opção Fale Conosco. Pelo canal, a construtora é acionada para promover os reparos de sua responsabilidade. 

Reparo

No mesmo dia do acidente, procurou ajuda no setor de obras do município. No entanto, não conseguiu retorno já que era domingo. A resposta para o problema ocorreu somente na manhã desta segunda-feira (16).

"O gerente da Caixa teve aqui, a Defesa Civil e a construtora está concluindo o reparo. Me repassaram que foi um cano que descolou e por isso que o forro caiu", informou Raquel. 

A família havia se mudado para o novo endereço na tarde do sábado (14). Antes disso, porém, a diarista alega que já tinha identificado problemas na estrutura durante as visitas de inspeção.

"Eu notei um pouco de rachadura no canto dos forros, porta que não fechava e algumas cerâmicas rachadas, uns probleminhas que a construtora prometeu resolver antes da entrega da chave, mas não foi", lamenta.

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará