Chove em pelos menos 51 cidades cearenses; Umari registra maior volume pluviométrico

Este é o segundo dia consecutivo que chove em mais de 50 municípios.

Legenda: Em Quixadá, no Sertão Central, o tempo amanheceu nublado
Foto: Alex Pimentel

Pelo segundo dia consecutivo choveu em mais de 50 cidades cearenses. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou precipitação em pelo menos 51 municípios entre as 7 horas de segunda-feira (18) e 7 horas desta terça (19). Os dados são parciais e devem sofrer atualização ao longo do dia. 

Os maiores volumes pluviométricos foram registrados em:

  • Umari (41 mm)

  • Lavras da Mangabeira (40 mm);

  • Senador Sá (38 mm);

  • Uruburetama (38 mm)

  • Aquiraz (36 mm);

  • Martinópole (36 mm);
  • Sobral (33 mm);

  • Uruoca (27 mm);

  • Moraújo (24 mm)

  • Milagres (23.5 mm)

Apesar dos últimos bons índices, janeiro tem chovido abaixo da média histórica. O normal observado para o primeiro mês do ano - que antecede a quadra chuvosa no Ceará - é de 98.7 milímetros. No entanto, até agora, o instituto meteorológico só registrou o acumulado de 15.8mm, o que representa desvio negativo de 84 mm.

Contudo, a gerente de Metereologia da Fundação Cearense de Metereologia e Recursos Hídricos, Meiry Sakamoto, destaca que as chuvas da pré-estação chuvosa não possuem qualquer relação com o período chuvoso, correspondido entre os meses de fevereiro a maio. 

Previsão 

Ainda de acordo com a Funceme, há possibilidade de chuva para os próximos dias no Ceará. Para hoje (19), a previsão é de nebulosidade variável em todas as regiões com possibilidade de chuva na região Jaguaribana. Nas demais regiões, eventos de chuva. O mesmo prognóstico se repete na quarta e quinta-feira, dias 20 e 21.

Trimestre

Amanhã (20) a Funceme divulga, em sessão virtual, a partir das 9h30, o prognóstico de chuvas para o trimestre fevereiro/março/abril. O evento será transmitido pelo canal da Funceme. Será a 1ª vez que o público geral poderá acompanhar ao vivo.

Participarão do anúncio o presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins, e o secretário dos Recursos Hídricos do Estado, Francisco Teixeira.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará