Chove em 27 cidades e Funceme prevê continuidade até sexta-feira (13)

O tempo permanece favorável a ocorrência de novas precipitações na faixa litorânea, na porção Centro-Sul e região Jaguaribana

vegetação
Legenda: Funceme registra somente 5.4mm de chuva na primeira quinzena de dezembro, no Ceará
Foto: Honório Barbosa

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) prevê possibilidade de chuva na faixa litorânea, na região Jaguaribana, no Cariri, no Sertão Central e Inhamuns para esta quinta-feira (12) e sexta-feira (13). O tempo deve permanecer com nebulosidade variável em todas as regiões cearenses.

Entre as 7h desta terça-feira (10) e quarta-feira (11), a Funceme registrou chuva em 26 municípios. As cinco maiores precipitações do dia foram observadas em São Gonçalo do Amarante (46.0mm), Fortaleza (33.2mm), Caucaia (28.8mm), Jucás (22.0mm) e Acopiara (19.0mm).

Nesta terça-feira (10), as chuvas foram mais intensas na região Centro-Sul do Estado. Em Cedro, foram registrados 100mm; Jucás e Iguatu (80mm), Saboeiro (58mm) e Umari (48mm).   

De acordo com o meteorologista Flaviano Fernandes, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as chuvas mais recentes decorrem “de formação de sistemas de convecções atmosféricas, que formaram áreas de instabilidades e trouxeram precipitações localizadas”, explicou.

Além desse sistema, Flaviano Fernandes aponta a influência da ‘Oscilação de Madden-Julian’ (sistema de larga escala de convecção tropical na faixa equatorial).

Para o meteorologista da Funceme, Raul Fritz, as chuvas registradas desde o início deste mês são “classificadas como de pré-estação”. Houve, portanto, uma antecipação, neste ano, uma vez que dezembro e janeiro são classificados como período de pré-estação chuvosa no Ceará. “Pode acontecer”, pontuou Fritz. “Geralmente, as chuvas ocorrem a partir da segunda quinzena de dezembro, mas neste ano vieram mais cedo”.  

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará