Vereador de Fortaleza sai correndo ao ser cercado de manifestantes na porta da Câmara; veja vídeo

Agentes da Guarda Municipal tentaram garantir entrada do parlamentar na Câmara, em meio a protesto de servidores

Vereador José Freire
Legenda: Vereador José Freire recebeu escolta da Guarda Municipal após ser cercado por servidores
Foto: Reprodução

A tramitação da proposta que abre caminho para mudanças na Previdência dos servidores de Fortaleza gerou embates tanto dentro quando fora da Câmara Municipal de Fortaleza. Na manhã desta terça-feira (2), manifestantes fizeram ato na porta da Câmara e a Guarda Municipal foi chamada para intervir. O ápice da tensão ocorreu quando o vereador José Freire (PSD) foi cercado pelo grupo de servidores e precisou fugir correndo do confronto. 

Veja vídeo do momento:

Mais cedo, os agentes tentaram dispersar o grupo de manifestantes usando bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha. Contudo, os servidores permaneceram no local com bandeiras e faixas de entidades sindicais.

Tensão

Próximo à entrada da Câmara, o vereador José Freire foi acusado de ser "covarde". Ele recorreu aos guardas, que usaram escudos para afastar a multidão. Pelos menos sete agentes conduziam o vereador à Casa quando os manifestantes se aproximaram e começaram a empurrar os agentes e o parlamentar. 

 

Conforme imagens a que o Diário do Nordeste teve acesso, os servidores usaram bandeiras e cones para afastar os agentes, que reagiram disparando tiros de bala de borracha e bombas de gás lacrimogêneo.

Em meio à confusão, o vereador saiu correndo entre os manifestantes para longe do confronto. Ele chegou a ser seguido por alguns servidores, mas conseguiu se afastar.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política