Em convenção, Psol lança Renato Roseno à disputa pela Prefeitura de Fortaleza

A candidata a vice é Raquel Lima (PCB). A chapa foi oficializada em convenção híbrida na sede do partido, no Centro da Capital

fotografia
Legenda: "Nossa candidatura representa um projeto de resistência democrática", ressaltou Roseno
Foto: Foto: Thiago Gadelha

O Psol oficializou, em convenção partidária realizada na noite desta segunda-feira (14), o deputado estadual Renato Roseno como candidato à Prefeitura de Fortaleza. A ativista Raquel Lima (PCB) compõe a chapa como candidata a vice-prefeita.

Roseno já vinha sendo apresentado como pré-candidato do partido - que inicialmente defendia uma candidatura única entre as forças progressistas e de esquerda na Capital. Na sede do Psol, durante a convenção, estiveram presentes membros do diretórios municipais dos partidos e alguns pré-candidatos, além de representantes de movimentos sociais, com adoção de medidas sanitárias de prevenção à Covid-19.

"Nossa candidatura representa um projeto de resistência democrática, que possa contribuir para a superação desse autoritarismo que vem se espalhando pelo Brasil e nós não queremos que isso cresça em Fortaleza. Nesse cenário de pandemia, nós vamos usar da nossa criatividade e determinaçao para superar essa desigualdade material das outras candidaturas", ressaltou Roseno.

Pelo Código Eleitoral, um deputado pode disputar uma vaga no Executivo sem precisar se desincompatibilizar do cargo. Por isso, Roseno não precisou tirar licença da Assembleia Legislativa para a disputa.

Candidatos

Militante do Psol, Renato Roseno foi candidato ao Governo do Estado em 2006 e à Prefeitura de Fortaleza, em 2008 e 2012. Ele está no segundo mandato como deputado estadual. Raquel Lima é ex-moradora e liderança da comunidade Alto da Paz, no bairro Vicente Pinzon. Disputou as eleições de 2016 e 2018 como candidata a vice na chapa do Psol.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de política?