Extração em poços vendidos pela Petrobras no CE começa em 2021

Operação deve garantir manutenção de mão de obra na região de Icapuí

fotografia
Legenda: Capacidade da jazida cearense é de 803 barris de petróleo diariamente, segundo informa a Petrobras.
Foto: CID BARBOSA

Vendidos na semana passada pela Petrobras, os poços de petróleo da Fazenda Belém e Icapuí, no Ceará, devem ter a exploração iniciada "em algum momento do primeiro semestre de 2021", segundo informou a nova proprietária da área, a 3R Petroleum. A empresa é a controladora da SPE Fazenda Belém, que garantiu o uso das jazidas após operação de US$ 35,2 milhões - cerca de R$ 190,8 milhões - fechada na última sexta-feira (14).

O CEO da empresa, Ricardo Savini, informou ao Diário do Nordeste que o plano de investimento na área cearense ainda está em elaboração, mas assegurou que a empresa deve "contratar pessoal e empresas de serviços como hoje a Petrobras faz".

"Normalmente, privilegiamos contratação de mão de obra local. É nossa intenção investir no polo com perfurações de novos poços mas ainda não podemos precisar quantos, nem valores a ser investidos. Os estudos técnicos estão sendo realizados neste momento pois só agora, após a assinatura do contrato, receberemos informação detalhada sobre os campos", afirmou.

Trâmite

Para tomar posse da Fazenda Belém, cuja produção atual gira em torno dos 803 barris de petróleo por dia, a 3R deve cumprir ainda alguns trâmites na Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). "Recém assinamos o contrato com a Petrobras na última sexta-feira e agora se inicia uma fase de transição operacional com a Petrobras", detalha.

Do valor total da venda, US$ 8,8 milhões foram pagos na semana passada, US$ 16,4 milhões serão pagos no fechamento da transação e US$ 10 milhões que serão pagos em 12 meses após o fechamento da transação.

A venda faz parte do plano de desinvestimento da Petrobras, que tem ainda a Refinaria Lubrificantes e Derivados do Nordeste (Lubnor), instalada em Fortaleza, na lista de equipamentos a ser vendidos pela companhia.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios