Sopai realiza média de 35 cirurgias em crianças e adolescentes por semana na retomada dos serviço

Procedimentos cirúrgicos haviam sido interrompidos em março com a chegada do coronavírus no Estado

Foto mostra corredor do Sopai
Legenda: Equipe aciona famílias na lista para a realização das cirurgias eletivas pediátricas.
Foto: Natinho Rodrigues

Com a diminuição gradual dos casos da Covid-19 no Ceará, o hospital filantrópico da Sociedade de Assistência e Proteção à Infância (Sopai) retorna com a realização de cirurgias eletivas, suspensas no dia 24 de maio, com média de 35 procedimentos por semana. Medidas de segurança e orientações para o pós cirúrgico são reforçadas nos procedimos em execução desde o dia 13 de julho. 

As cirurgias eletivas realizadas na unidade são de fimose, hidrocele, retirada de líquido na bolsa testicular, e hérnias epigástricas, inguinais e umbilicais. São realizadas cerca de 140 cirurgias por mês consideradas de baixa e média complexidade na parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS) desde outubro de 2019.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza o encaminamento dos pacientes e mantém o controle da fila de espera, como detalha a coordenadora do departamento de Enfermagem do Sopai, Cirle Bueno. “Tomamos todas as medidas de intensificação de lavagem de mãos, oferecimento de máscaras para mães e pacientes e do protocolo de cirurgias seguras”, detalha.

Os responsáveis recebem orientação quanto aos cuidados pós cirúrgicos e os pacientes podem ser liberados no mesmo dia como forma de evitar exposição ao novo coronavírus. “Teve que parar por questões de segurança e agora vamos retomando aos poucos, com critérios. Quando a criança não podia vir, a gente cancelava e marcava para outro momento, porque algumas estavam doentes e agora que a gente está começando a voltar no ciclo que ainda não é normal, mas esperando que as coisas melhorem”.

Pacientes infectados pelo novo coronavírus também são atendidos no Sopai. Conforme a instituição, a unidade recebe pacientes principalmente dos bairros vizinhos como Grande Pirambu e de municípios da Região Metropolitana com cerca de 15 a 20 mil atendimentos por mês.

Mortes por Covid-19 em Fortaleza

[render contentId="1.2216450"

Você tem interesse em receber mais conteúdo da cidade de Fortaleza?


Redação 23 de Setembro de 2020