Metrô, ônibus, comércio: veja como está o funcionamento de serviços em Fortaleza

Grupos participam de ato no Centro de Fortaleza contra a Reforma da Previdência

Legenda: As lojas na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza estão abertas e funcionando normalmente.
Foto: Foto: José Leomar

Em manhã de  protesto contra a Reforma da Previdência, serviços como o metrô funcionaram normalmente, porém, escolas públicas fecharam e ônibus tiveram pneus esvaziados por manifestantes na Avenida da Universidade, no bairro Benfica.

De acordo com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), as linhas de ônibus devem operar normalmente durante todo o dia. Em nota, a assessoria da Etufor explicou que podem ocorrer desvios ou paralisações momentâneas no trajeto das linhas que trafegam em direção ao centro. Por volta de 8h20, a Avenida da Universidade, no Bairro Benfica, foi bloqueada por manifestantes. Os ônibus foram estacionados na via e tiveram pneus esvaziados. O sindicato dos motoristas, o Sintro, informou por volta das 10h que a categoria seguia para participar do ato na Praça da Bandeira e não mais pararia ônibus.

Metrô

As linhas administradas pelo Metrofor estão funcionando normalmente na manhã desta sexta-feira (14). 

Escolas
A Escola de Ensino Fundamental São Rafael, na Praia de Iracema, foi paralisada. De acordo com o corpo gestor, 100% dos professores aderiram e os alunos foram avisados durante a quinta-feira (13). As aulas previstas para esta sexta-feira serão repostas em outra data. 

A escola de Ensino médio Flávio Marcílio, no Pirambu, está com as aulas paralisadas. Segundo a gestão, os professores aderiram à greve e os alunos foram liberados. No entanto, a escola está aberta à comunidade. As aulas serão recuperadas no fim do ano letivo.

Outras escolas fechadas:

  • Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Santa Luzia
  • Escola de Ensino Fundamental e Médio Renato Braga
  • Instituto Cearense de Educação dos Surdos (Ices)
  • Escola Municipal Hilberto Silva

Até a publicação desta matéria a Secretaria Municipal de Educação (SME) não enviou posicionamento sobre a situação das escolas.

Já a Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) informou que está fazendo um levantamento das unidades de ensino da rede e assim que possível enviaram posicionamento com a quantidade de escolar. 

Postos de Saúde e Upas
De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), até o fim da manhã desta sexta-feira (14) nenhum dos serviços prestados nos 113 postos de saúde e nem das seis Unidades de Pronto Atendimento (Upas) ficaram prejudicados. Ainda segundo o órgão, as cinco unidades de acolhimento e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão funcionando normalmente. O sindicato dos servidores municipais de Fortaleza, Sindiforte, informou que a entidade e filiados aderiu à paralisação.

Comércio no Centro
Na Praça do Ferreira, localizada no Centro da cidade o comércio está funcionando na manhã desta sexta-feira (14), mas diversas lojas fecham à medida que o protesto avança. Funcionários disseram à reportagem que o fechamento é temporário.

Bancos
A reportagem do Sistema Verdes Mares percorreu agências bancárias no Centro e arredores e as unidades estavam atendendo.

 


 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza