IJF ganha câmera de monitoramento de temperatura para avaliar possíveis contaminados com Covid-19

Profissionais e parentes de pacientes que estiverem com temp­eratura corpórea acima de 37,5°C vão ser impedidos de entrar no bloco hospitalar

Hospitais
Legenda: Procura por atendimentos de alta complexidade superlotam unidades das grandes cidades
Foto: FABIANE DE PAULA

O Instituto Doutor José Frota (IJF) conta agora com uma câmera de monitoramento térmico para identificar casos suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus no acesso ao Bloco Hospitalar. O equipamento foi instalado nesta quinta-feira (25) e vai mostrar a temperatura de profissionais e acompanhantes que precisem acessar o local. 

O Ceará registra 104.442 casos confirmados da Covid-19, infecção causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), e 5.920 mortes em decorrência da doença. A cidade de Sobral, no Norte do Estado, ultrapassou hoje os 6 mil casos e agora contabiliza 6.125 diagnósticos positivos do novo coronavírus, de acordo com os dados da plataforma IntegraSUS, atualizados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) às 10h39 desta sexta-feira (26).

“A câmera vai ser uma ferramenta muito importante, pois, com ela, vamos identificar as pessoas que estão entrando no Hospital com temperatura acima de 37,5°C, e, nesses casos, iremos encaminhá-las para casa, além de indicarmos que procurem um posto de saúde mais próximo para verificar sua situação”, explicou Riane Azevedo, superintendente do IJF. 

Média de mortes diárias por Covid-19 diminui 78,2% em Fortaleza

Portanto, profissionais e parentes de pacientes que estiverem com temp­eratura corpórea acima de 37,5°C, caracterizando um quadro febril, vão ser impedidos de entrar no bloco hospitalar. 

No caso dos profissionais, eles serão encaminhados ao Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) do IJF. 

Já os parentes de internados vão ser orientados a voltar para casa e buscar a unidade básica de saúde mais próxima, para acompanhamento dos sintomas. 

Segundo a Prefeitura de Fortaleza, a expectativa é disponibilizar o equipamento em outros hospitais e órgãos do município. 

IJF

Aproximadamente 3 mil pessoas, entre membros do corpo clínico, prestadores de serviço e usuários, circulam pelo IJF diariamente, segundo a prefeitura. 

O hospital tem 150 leitos em áreas especiais para vítimas de complicações graves causadas pela Covid-19, sendo 100 leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).  

Terminal com monitoramento 

Outra câmera térmica com o mesmo fim está funcionando no Terminal do Antônio Bezerra. 

A ideia é identificar supostos enfermos entre os usuários e encaminhá-los para os equipamentos adequados de saúde para que possam confirmar ou não a doença, diminuindo o risco de contaminação nos meios de transportes públicos.