Governo do Ceará envia bombeiros e viaturas para apoio às vítimas das enchentes na Bahia

Efetivo foi deslocado neste sábado (25) e ficará no estado baiano pelo tempo que for necessário

Escrito por Renato Bezerra,

Metro
Viaturas
Legenda: O governo do Ceará enviou, neste sábado (25), bombeiros e viaturas para apoio aos municípios atingidos pelas chuvas na Bahia
Foto: Carlos Gibaja e Tiago Stille/Governo do Ceará

Diante do cenário crítico enfrentado com as fortes chuvas na Bahia, o governo do Ceará enviou, neste sábado (25), bombeiros e viaturas para apoio aos municípios atingidos. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, em suas redes sociais. 

Ao todo, 25 bombeiros militares, seis viaturas e uma aeronave foram deslocados para auxiliar no apoio as vítimas das enchentes dos últimos dias, segundo informou a assessoria de comunicação do Governo. O efetivo ficará na Bahia pelo tempo que for necessário. 

"Minha solidariedade aos irmãos baianos diante da grave situação enfrentada. Conversei hoje com o governador Rui Costa. Enviamos bombeiros e viaturas para auxiliar no apoio às vítimas. Também disponibilizamos uma aeronave em caso de necessidade", disse Camilo Santana. 

Neste sábado (25), a Bahia contava com 19 cidades "com comunidades embaixo d’água”, conforme disse em um comunicado à população o governador do Estado, Rui Costa. 

As áreas mais atingidas pelas chuvas, segundo ele, estão nas regiões sul e sudoeste da Bahia.

“Estamos mobilizando todas as nossas forças. Montamos uma base de apoio lá em Ilhéus. Estamos deslocando o reforço de pessoal dos bombeiros, da polícia, aeronave, o comandante dos bombeiros, o comandante da defesa civil e a partir de Ilhéus vamos montar uma base de apoio para toda região”, disse o governador em vídeo publicado nas redes sociais.

No município de Medeiros Altos, no extremo-sul, moradores estão usando canoas para se deslocar desde que o nível do Rio Itanhém subiu, na última sexta-feira (24).

Já em Salvador, sirenes do Sistema de Alerta e Alarme da Defesa Civil (Codesal) foram acionadas no sábado (25), nos bairros de Sete de Abril e Castelo Branco, para evacoação dos moradores.