Fortaleza e outros três municípios cearenses imunizam pessoas com deficiência institucionalizadas

Caucaia, Crateús e Juazeiro do Norte também começaram a vacinar o grupo prioritário; em Fortaleza, 231 pessoas já foram imunizadas

foto vacina
Legenda: Os vacinados em Fortaleza moram nas cinco Residências Inclusivas do Município e na Casa de Repouso São Gabriel
Foto: Mauro Pimentel/AFP

No Ceará, quatro cidades iniciaram a vacinação contra a Covid-19 em pessoas deficientes institucionalizadas, ou seja, que residem em unidades de acolhimento, com idade acima de 18 anos. Dentre os municípios, estão Fortaleza, Caucaia, Crateús e Juazeiro do Norte. O grupo faz parte da primeira fase de imunização no Estado, de acordo com o plano de vacinação. 

Na Capital, pessoas com deficiência institucionalizadas e profissionais que atuam nas casas de apoio somam 231 vacinados com a primeira dose, o que corresponde a 100% da meta estipulada para este grupo prioritário. Conforme a Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza (SMS), 71% do público já recebeu o reforço da segunda dose.

Os vacinados em Fortaleza, que moram nas cinco Residências Inclusivas do Município e na Casa de Repouso São Gabriel, receberam o imunobiológico in loco.

Em Caucaia, no dia 10 de fevereiro, 30 pessoas com deficiência institucionalizadas e 17 trabalhadores da instituição Pequeno Cotolengo Dom Orione receberam a primeira dose. "Com isso, o município atendeu à demanda total para este público". A data para a aplicação da segunda dose não foi informada. Os municípios de Juazeiro do Norte e Crateús não deram detalhes sobre público vacinado.

Balanço

Em todo o Estado, até esta quarta-feira (3), 417.555 pessoas já foram vacinadas, dentre elas, 313.434 receberam a primeira dose e 104.121 a segunda, de acordo com dados da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa). 

Ainda na primeira fase de vacinação, foram atendidos 68% dos profissionais de saúde em geral, desde o setor de linha de frente de combate ao novo coronavírus até o administrativo, 100% dos indígenas e 18% dos idosos com mais de 75 anos. Os dados constam no Plano de Operacionalização para Vacinação contra a Covid-19 do Ceará, com última atualização feita no dia 23 de fevereiro de 2021. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza