Feirantes voltam a ocupar entorno da Ceasa após reintegração de posse da área em Maracanaú

As barracas dos comerciantes foram retiradas da frente do mercado pela polícia na última quarta-feira (10).

Feirantes da Grande Fortaleza voltaram a ocupar o entorno da Ceasa, em Maracanaú, na Região Metropolitana da Capital. As barracas dos comerciantes foram retiradas da frente do mercado pela polícia na última quarta-feira (10). Na ocasião, um oficial de Justiça disse que cumpria mandado de reintegração de posse da área da Superintendência de Obras Públicas (SOP), antigo Departamento Estadual de Rodovias (DER).  

A retirada dos feirantes cumpre a determinação da 1ª Vara Cível da Comarca de Maracanaú, segundo informações da SOP. O processo estava na Justiça desde 2011 e determina que as margens das vias fiquem livre para dar visibilidade aos condutores e usuários da região, evitando acidentes.

Um dos comerciantes que trabalha na feira há cinco anos confirma que o grupo retornou ao ponto dois dias após o cumprimento da medida judicial. “Derrubaram todas as barracas. Não mostraram papel, mandado, nada”, relembra Jailson Carvalho, que também afirma que outros feirantes foram notificados sobre uma possível retirada há dois anos, mas que desde então nada tinha acontecido.

“Há dois anos alguns feirantes receberam notificações, desde então ninguém recebeu mais notícia. Na quarta, a gente veio e já tava lotado de polícia, derrubaram todas as barracas”, relata. 


Categorias Relacionadas


Redação 12 de Julho de 2020