Decisão sobre aumento da passagem de ônibus em Fortaleza sairá até o início de janeiro, diz Sarto

Tarifa atual é de R$ 3,60 (inteira) e R$ 1,60 (estudantil)

Escrito por Redação, metro@svm.com.br

Metro
passagem de ônibus em fortaleza
Legenda: Tarifa de embarque na Capital tem o mesmo valor há três anos
Foto: Fabiane de Paula

A manutenção ou reajuste da atual tarifa de R$ 3,60 no transporte público de Fortaleza para 2022 será anunciada ainda até o fim deste ano ou nos primeiros dias de janeiro, segundo confirmou na manhã desta quarta-feira (22) o prefeito José Sarto, durante entrevista ao Bom Dia Ceará. 

"Eu quero definir logo esse ano, ainda em dezembro ou por mais que tarde, no início de janeiro. A gente já tem feito vários estudos e existem decisões que não podem ser adiadas. Tem coisas que temos que fazer lamentavelmente", ponderou o prefeito. 

prefeito de Fortaleza
Legenda: Sarto concedeu entrevista ao Bom Dia Ceará na manhã desta quarta-feira (22)
Foto: Foto: Fabiane de Paula

O assunto está sendo discutido pela gestão municipal desde o mês passado com a análise do estudo Origem-Destino e dos custos que as empresas de ônibus enfrentam com a alta sucessiva do combustível. Além disso, os dados sobre o fluxo de passageiros também ajudarão a determinar o valor do próximo reajuste.

“São três anos consecutivos sem aumento da passagem de transporte público. O que aconteceu nestes dois anos de pandemia? Caiu pela metade o fluxo de passageiros. As pessoas primeiro eram orientadas a não aglomerar. Então o setor de transporte público está em uma crise profunda no Brasil", disse Sarto.

Sarto, no entanto, não exclui a possibilidade de a tarifa se manter congelada no próximo ano. "É o que vou tentar fazer. Estamos procurando fórmulas junto com o governador Camilo de preservar o preço da passagem", declarou à Rádio Verdes Mares. 

O prefeito também ressaltou que o "esforço" da gestão será de "preservar o não aumento da passagem". O debate sobre essa questão será feito "com muita transparência e muita clareza".

Tarifa estagnada

Em 2021, pelo terceiro ano consecutivo, a Capital manteve o valor da passagem de ônibus por causa da pandemia de Covid-19. A Prefeitura e o Governo do Estado firmaram uma parceria de R$ 4 milhões mensais para subsidiar a manutenção da tarifa.

O reajuste mais recente havia sido implementado em janeiro de 2019, quando o valor da tarifa aumentou de R$ 3,40 para R$ 3,60; e a tarifa estudantil, de R$ 1,50 para R$ 1,60.