Coronavírus: sintomas, transmissão e como se prevenir

Confira perguntas e respostas do Ministério da Saúde em relação ao coronavírus:

Legenda: Operários chineses trabalham para fazer máscaras em Xangai
Foto: Foto: Governo Chinês

1. O que é o coronavírus?

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), os coronavírus são uma grande família viral, que causa doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Alguns coronavírus podem causar quadros graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS). O novo vírus, com primeiros registros na China, é letal.

2. Quais são os sintomas?

Foram identificados sintomas como febre, tosse, dificuldade em respirar e falta de ar. Em casos mais graves, há registro de pneumonia, insuficiência renal e síndrome respiratória aguda grave, aponta o MS.

3. Como ocorre a transmissão? 

As formas de transmissão do novo coronavírus seguem em investigação, mas o contágio de pessoa para pessoa é confirmado. Apesar disso, a transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato com secreções contaminadas, como gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; toque ou aperto de mão; ou contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

4. Como prevenir o contágio por coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas; realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; manter os ambientes em ventilados; evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença; evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações. São 12 medidas que podem ajudar no comportamento.

5. Qual exame identifica o coronavírus?

É feita a retirada de materiais respiratórios para exames de biologia molecular, que detecta o RNA viral. No Brasil, empresas farmacêuticas já têm desenvolvido testes rápidos para detecção do vírus.

6. Como saber se o paciente está com coronavírus?

Apenas por meio do exame.

7. Qual o tratamento para a doença?

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) orienta que, ao manifestar sintomas da doença, o paciente procure imediatamente uma unidade de saúde do Estado. O tratamento é feito por meio do alívio dos sintomas, como uso de medicamento para dor e febre.

8. O coronavírus tem cura?

O MS aponta que "ainda não se tem conhecimento sobre uma possível cura para a doença''.

9. Onde ocorreu a primeira morte?

Na China, no dia 9 de janeiro deste ano. Um homem de 61 anos foi a primeira vítima. O paciente foi hospitalizado com dificuldades de respiração e pneumonia grave, e morreu após uma parada cardíaca. Até esta quinta-feira (30), foram confirmadas 170 mortes na China.

10. Quais são as complicações? 

Incluem Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), lesão cardíaca aguda e infecção secundária.

11. Qual a diferença entre gripe e o novo coronavírus?

No começo, não existe diferença. Mas é preciso ficar atento às áreas de contaminação local, principalmente a quem esteve na China.

12. Que cuidados devo adotar se for viajar para a China?

O Ministério da Saúde recomenda viajar para a China apenas em situações de extrema necessidade.

13. Como descontaminar um ambiente com coronavírus?

Da mesma forma que outros tipos de doença respiratória: deve ser realizada descontaminação com desinfetantes à base de cloro, álcool, alguns fenóis, alguns iodóforos e o quaternário de amônio.