Confira os cuidados na compra e no manuseio de fogos de artifício para o Réveillon 2020

O Corpo de Bombeiros do Ceará lembra que os shows pirotécnicos, como o que acontece no Aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza, são manuseados por profissionais habilitados

Escrito por Redação,

Metro
Legenda: Em todo o Estado, há apenas uma única empresa, localizada em Sobral, registrada para fabricar estes materiais pirotécnicos.
Foto: Arquivo Diário do Nordeste

A compra em locais sem certificação para venda de fogos de artifício e o uso inadequado do material, podem trazer riscos à segurança na virada para 2020, como alerta o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE).

Segundo a instituição, acidentes como queimaduras e incêndios provocados por fagulhas são mais comuns nessa época do ano. A compra do material sem a certificação do Corpo de Bombeiros é um dos pontos apontados pelo órgão como causador de acidentes. 

Um depósito clandestino de fogos de artifício foi fechado em maio de 2019 pelo Corpo de Bombeiros, após denúncia anônima. No estabelecimento no Bairro Messejana, foram encontradas 25 mil unidades de fogos. 

Confira abaixo uma lista com os cuidados necessários no momento da compra e no o manuseio dos fogos de artifício: 

  • Nunca solte fogos em ambientes fechados
  • Para a queima de rojões, use suporte adequado e mantenha o material afastado do corpo
  • Não acenda bombas na mão, faça uso de uma superfície segura e o acenda com segurança
  • Solte os fogos distante da rede de energia elétrica
  • Faça a compra de fogos de artifícios somente em locais autorizados pelo Corpo de Bombeiros
  • Verifique a data de validade dos fogos no momento da compra
  • Mantenha caixas de fósforos e isqueiros fora do alcance das crianças
  • Ingestão de bebida alcoólica e fogos não combinam
  • Não coloque o artefato em bolsos