Bombeiros salvam 13 pessoas de afogamentos na Praia do Futuro; 10 eram turistas

Equipe de guarda-vidas da corporação também resgatou uma criança com vida na Praia do Cauípe, em Caucaia

Bombeiro no jet ski monitorando banhistas
Legenda: Ao todo, 14 pessoas foram salvas de afogamento em Fortaleza e Caucaia de sexta a domingo (24)
Foto: Corpo de Bombeiros

Equipes de guarda-vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) salvaram 14 pessoas de afogamentos na Praia do Futuro, em Fortaleza, e na Praia do Cauípe, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), entre a sexta-feira (22) e este domingo (24).

Quase a totalidade das ocorrências (13) foi registrada na Praia do Futuro, sendo a maioria das vítimas turistas vindos de São Paulo (4), Distrito Federal (2), Pará (2), Piauí (1), e Rio Grande do Sul (1). Os outros três casos foram banhistas cearenses.

Em Fortaleza, os bombeiros atuaram evitando os afogamentos e possíveis aglomerações na faixa de areia da Praia do Futuro e do Caça e Pesca.

Além de realizar os 13 resgates de banhistas com vida na Praia do Futuro, a 1ª Companhia de Salvamento Marítimo do Batalhão de Busca e Salvamento (1ªCia/BBS) encontrou uma criança perdida, que foi entregue aos familiares, atendeu a uma ocorrência de choque elétrico, e ainda realizou 694 prevenções na área.

A 2ª Companhia de Salvamento Marítimo do Batalhão de Busca e Salvamento (2ªCia/BBS), por sua vez, realizou 259 prevenções e resgatou uma vida de afogamento na Lagoa do Cauípe, em Caucaia. A vítima era uma criança de apenas cinco anos, que foi resgatada consciente, orientada e entregue à mãe. 

Carro da corporação e bombeiro posicionado na guarita de salvamento, avistando a movimentação na praia
Legenda: Durante três dias, os bombeiros realizaram 953 prevenções de afogamento em Fortaleza e Caucaia
Foto: Corpo de Bombeiros

Mais de 950 prevenções em três dias

O major Chailon Fonteles reforça que, além de salvar 14 vidas, os bombeiros realizaram 953 prevenções de afogamentos ao longo dos três últimos dias.

“O Batalhão de Busca e Salvamento [BBS] viabilizou para essas ações 48 guarda-vidas em 19 postos, além de quatro quadriciclos, quatro viaturas quatro por quatro e três motos aquáticas, além do apoio de duas ambulâncias do tipo resgate do Batalhão de Socorro de Urgência (BSU), da 1ª e 2ª Companhias de Salvamento Marítimo do Batalhão de Busca e Salvamento do CBMCE”, detalhou o comandante da 1ª CSMar/BBS.

 

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza