Vojvoda diz que início ruim na Série A não afeta Libertadores: "não vai influenciar"

Tricolor enfrenta o Alianza Lima-PER em jogo decisivo

Vojvoda sério em entrevista
Legenda: Técnico do Fortaleza busca 1ª vitória na Série A
Foto: Reprodução/TV Leão

Com mais uma derrota, o Fortaleza segue na lanterna da Série A do Campeonato Brasileiro. Após o revés por 3 a 1 para o Botafogo, na noite deste domingo (15), o técnico Juan Pablo Vojvoda concedeu entrevista coletiva e garantiu que o desempenho ruim no Brasileirão não afeta o foco que o time tem na Libertadores.

"Não vai influenciar. Eu conheço meus jogadores, conheço as pessoas que trabalham comigo. Confio neles e eles confiam em mim também. E eu agradeço o esforço que estão fazendo. Vamos fazer um Fortaleza cada vez melhor. Jogando e conseguindo o que queremos", disse ele.

O treinador argentino garantiu também foco total no Alianza Lima, próximo adversário do Tricolor, às 23 horas (de Brasília) da próxima quarta-feira (18).

>Veja a classificação atualizada da Série A

"Temos um jogo contra o  Alianza Lima que estou muito confiante, o funcionamento do time é bom. Temos homens que jogam futebol e estão preparados para continuar na Libertadores. E agora é continuar trabalhando. Temos que corrigir esse caminho no Brasileirão e nosso foco agora tem que estar na próxima partida", afirmou.

Calendário

Questionado sobre a dificuldade de gerenciar o elenco meio a uma maratona de jogos, Vojvoda não colocou culpa no calendário.

"O calendário é o que está. Estamos no país do futebol, o Brasil é 5 vezes campeão do mundo. Então eu aceito isso desde o primeiro momento, e os jogadores querem jogar. Eu compreendo essa situação (do calendário). Muitas vezes complica, é verdade, jogamos a cada 3 dias. Ou temos viagens que são muito distantes. Mas eu não ponho desculpa nisso. A mim? pessoalmente, eu gosto de jogar continuamente, porque eu gosto de futebol", finalizou.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte