Sem Marta, seleção brasileira desembarca na Colômbia para a Copa América de Futebol

A estreia da equipe será contra a Argentina, no sábado

Imagem mostra duas jogadoras de futebol
Legenda: Seleção feminina desembarcou na Colômbia e fará estreia contra a Argentina.
Foto: Thais Magalhães/CBF

A Copa América Feminina de Futebol vem aí. A seleção brasileira chegou à Colômbia e vai realizar o primeiro treinamento nesta quarta-feira (6), no Estádio Montenegro, na cidade de Armênia. Sob comando da técnica Pia Sundhage, 19 jogadoras já estão concentradas para o torneio. Outras ainda são aguardadas. 

SEM A CAMISA 10

É a primeira vez que a equipe disputa um torneio oficial sem Marta, a principal jogadora do time. Após grave lesão no joelho, ocorrida em março, a camisa 10 e capitã do Brasil passou por cirurgia e não deve mais atuar nesta temporada. A jogadora do Orlando Pride está em recuperação.

Imagem mostra jogadora de futebol
Legenda: Marta passou por cirurgia no joelho e desfalca a Seleção na Copa América.
Foto: Kohei Chibahara / AFP

PREPARAÇÃO 

A técnica Pia Sundhage comanda as atividades a partir das 16h (horário local) com foco na estreia contra a Argentina. O duelo será no sábado (9), no Estádio Centenário, às 21h (horário de Brasília). 

Na delegação, além da comissão técnica estão 19 jogadoras: as goleiras Lorena, Luciana e Natascha, as defensoras Tainara, Rafaelle, Fê Palermo, Letícia Santos, Tamires e Antonia, as meias Adriana, Ary Borges, Angelina, Kerolin, Duda Sampaio, Duda Santos e Gabi Portilho, e as atacantes Bia Zaneratto, Geyse e Gio.

Ainda falta se juntar ao grupo a defensora Kathellen, que deve chegar ainda nesta quarta-feira. Debinha, artilheira da equipe na era Pia, se junta às demais somente na sexta-feira. Diagnosticadas com covid-19, as meias Luana e Duda Francelino encontram as demais somente no sábado (9). 

DE OLHO NA COPA E EM PARIS 2024

A Copa América Feminina de Futebol terá início nesta sexta-feira (8). Dez seleções participam da disputa que será realizada na Colômbia. As três primeiras colocadas garantem vaga na Copa do Mundo de 2023, que será realizada na Austrália e na Nova Zelândia. Além disso, campeão e vice garantem ida direta às Olimpíadas de Paris 2024.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte