Em jogo fraco, Ceará e Santos empatam em 0 a 0 no Castelão pela Série A

Em jogo que Marinho perde pênalti para o time paulista, Vovô não joga bem, cria pouco, e chega ao 6º jogo sem vencer na Série A

Legenda: O Ceará teve pouca força ofensiva para superar a defesa do Santos, amargando o empate em casa
Foto: KID JUNIOR

Ceará e Santos sentiram o peso dos jejuns de vitória neste sábado (18) no Castelão. Em jogo fraco, com raras chances de gol, os alvinegros ficaram no empate em 0 a 0 pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O Vovô até melhorou na reta final do jogo criando algumas chances, mas a melhor oportunidade do jogo foi do Santos, em pênalti que Marinho perdeu, mandando por cima após escorregão.

Com o resultado, ambos ficam na zona intermediária da tabela, o Vovô com 25 pontos em 12º e o Peixe, uma posição abaixo, em 13º com 24.

Tabela

O Vozão tenta retomar as vitórias no próximo sábado (25), às 17 horas, contra a Chapecoense, no Castelão, querendo quebrar a incômoda sequência de 6 jogos sem vencer na Série A. 

O Santos também não vence há 9 jogos na temporada, sendo 6 pela Série A. O time santista encara o Juventude, no domingo (26) às 16 horas no Alfredo Jaconi.

O jogo

No primeiro jogo em casa com o técnico Tiago Nunes, faltou o Ceará se impôr, mostrar mais força ofensiva. 

Embora o treinador tenha vindo com mudanças do meio pra frente, começando com Kelvyn e Rick, faltou poder de fogo e maior ousadia como time.

Com um time ainda travado e sem confiança pela sequência ruim na Série A, o Ceará levava o jogo com certa tranquilidade, sem também assustar até os 
26 minutos: Jean Mota chutou de longe, a bola desviou em Messias, e o árbitro Anderson Daronco marcou pênalti após consulta ao VAR. 

Marinho foi para a cobrança e escorregou, mandando por cima, para alívio dos jogadores do Ceará, que não concordaram com a marcação na penalidade. 

A partir daí o Ceará se encorajou, tentou ir pra cima, mas esbarrou na noite ruim de praticamente todos os jogadores criativos: apenas Kelvyn e Vina tentaram finalizações mas sem tanto perigo.

Legenda: Kelvyn foi uma das novidades do Ceará e um dos melhores em campo pelo Alvinegro
Foto: KID JUNIOR

2º tempo

Mesmo com muita vontade dos dois lados, o jogo foi truncado e fraco tecnicamente, com muitos erros de passe e enorme dificuldade para construção de jogadas de ataque. E pesava também o emocional dos times, ainda inseguros pelas trocas recentes de treinador. 

Na etapa final, o Vovô até melhorou do meio para o fim do 2º tempo, com as entradas de Lima e Cléber. Lima perdeu uma grande chance mandando por cima na marca do pênalti e Cléber ajeitou bem para Gabriel Dias soltar a bomba para defesa de João Paulo.

E foi só, com o Vovô somando seu primeiro ponto com Tiago Nunes no comando, mas precisando reagir logo, pela proximidade da zona de rebaixamento.

Ficha técnica

Ceará 0 x 0 Santos

Ceará: Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Geovane (Marlon), Fernando Sobral, Vina (Yone González) e Kelvyn (Lima); Jael (Kleber) e Rick (Erick). Técnico: Tiago Nunes

Santos: João Paulo; Danilo Boza, Velázquez e Wagner; Pará (Ângelo), Camacho (Ivonei), Jean Mota (Zanocelo) e Felipe Jonatan; Marinho, Léo Baptistão (Raniel) e Marcos Guilherme. Técnico: Fábio Carille

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE).
Arbitro: Anderson Daronco (RS)
Amarelos: Kelvyn, Messias e Erick (Ceará) Pará, Camacho (Santos).

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte