Decreto presidencial define critérios para ocupação de cargos de confiança

As novas regras exigem que indicado atenda a alguns requisitos como possuir idoneidade moral, reputação ilibada e perfil profissional compatível com a função; no entanto, decreto não impede indicação política