Centros socioeducativos do Ceará devem receber melhorias, de acordo com determinação judicial

A Justiça determinou, através da 3ª Vara da Infância e Juventude de Fortaleza, reformas, prevenção de superlotação e fim da “tranca” nas unidades do estado