Ceará e mais três estados devem transferir adolescentes infratores, determina ministro do STF

A decisão foi motivada pela superlotação no sistema socioeducativo. Caso não haja unidades nessa situação, os juízes locais devem converter medidas de internação em internações domiciliares