Morte de Olavo de Carvalho não teve relação com a Covid, alega seu médico particular

Ahmed Youssif El Tassa disse que causa da morte foi insuficiência respiratória aguda causada um quadro de enfisema pulmonar associado à insuficiência cardíaca congestiva

Olavo de Carvalho
Legenda: Médico particular de Olavo de Carvalho nega morte por Covid-19
Foto: Reprodução Instagram

O médico particular de Olavo de Carvalho, Ahmed Youssif El Tassa, disse que a morte do escritor bolsonarista se deu em decorrência de uma “insuficiência respiratória aguda”, sem relação com a Covid-19. As informações são da colunista Bela Megale, do jornal O Globo

Em entrevista à coluna, ele disse que o quadro foi causado por um quadro de enfisema pulmonar associado à insuficiência cardíaca congestiva, à pneumonia bacteriana e a uma infecção generalizada.

"Durante todos esses anos, inclusive nas últimas internações nesses últimos dois anos, acompanhei o quadro de saúde de Olavo de Carvalho. Ele sofre de Doença Broncopulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), no caso, o enfisema pulmonar. Não tem qualquer relação com a Covid-19, é um problema crônico. Qualquer pessoa com um enfisema crônico, quando pega uma pneumonia, é quase um sinônimo de morte" disse Ahmed Youssif El Tassa.

O médico também disse, por nota, que a infecção foi causada pela bactéria Staphylococcus aureus Resistente à Meticilina, que essa condição levou o escritor a “eventos tromboembólicos generalizados por coagulação intravascular disseminada em múltiplos órgãos”.

Infecção por Covid

Em 16 de janeiro, o escritor foi diagnosticado com Covid-19. Na época, ele desmarcou as aulas do Curso online de Filosofia que ministrava. 

Nesta terça-feira (25), a filha de Olavo, Heloísa de Carvalho, revelou nas redes sociais que a causa da morte do escritor foi por complicações da Covid-19

Segundo Heloísa, ele não acreditava que mortes ocorriam por conta da doença. "Não tem como eu sentir grande tristeza pela morte dele, mas também não estou feliz. Sendo sincera comigo e meus sentimentos", desabafou em post no Twitter. 

Ahmed Youssif El Tassa diz que qualquer vírus de gripe pode deixar o organismo mais suscetível a uma infecção bactericida, sem confirmar se haveria a possibilidade de a infecção por Covid-19 ter colaborado para piora do estado de saúde de Olavo do Carvalho. 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados