Adolescente de 14 anos é apreendido em Manaus suspeito de planejar massacre em escola

Polícia descobriu conversas dele com jovens de outros dois estados, que também planejavam ataques

Adolescente de 14 anos é apreendido em Manaus suspeito de planejar massacre em escola
Legenda: O jovem foi apreendido em sua própria residência, no bairro no Novo Aleixo, e foi encaminhado à Depca com o pai. Na unidade, deu detalhes do plano
Foto: Divulgação

Um adolescente de 14 anos foi apreendido na terça-feira (17) em Manaus, suspeito de planejar um massacre em uma escola pública no bairro da Glória. Ele foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Conforme a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), uma investigação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) descobriu os planos do ataque, após descoberta de conversas entre o adolescente e outros dois, que moram nos estados do Rio Grande do Norte e Goiás.

O ataque ocorreria de forma simultânea em suas respectivas cidades, segundo a delegada. "Eles inclusive chegaram a estudar massacres anteriores, como o de Columbine, ocorrido nos Estados Unidos; o de Suzano, em São Paulo; e o de Realengo, no Rio de Janeiro”, revelou a delegada em entrevista coletiva na quarta-feira (18).

Jovem usaria bombas caseiras

O jovem foi apreendido em sua própria residência, no bairro no Novo Aleixo, e foi encaminhado à Depca com o pai. Na unidade, deu detalhes do plano.

"Durante depoimento, ele confessou os fatos e disse que era o mentor do plano, e que conheceu os outros dois adolescentes por meio de uma rede social. Ele contou, ainda, que para colocar o plano em prática, estava produzindo coquetéis molotov e bombas caseiras”, detalhou Joyce.

Ainda segundo a investigação, a motivação para o crime seria o bullying que ele havia sofrido na escola. 

O adolescente responderá por ato infracional análogo a atos de terrorismo, e permanecerá na Deaai aguardando audiência de custódia no Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM).

 

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil