Após 54 anos, destroços de avião que caiu nos Alpes suíços são encontrados em geleira

Acidente aconteceu em 1968 e as peças foram descobertas na geleira Altsch

Legenda: Várias peças apareceram na geleira Altsch
Foto: Shutterstock/Imagem ilustrativa

Após mais de 54 anos, os destroços de um avião que caiu nos Alpes suíços em 1968 foram descobertos na geleira Altsch, em Wallis. Nesta sexta-feira (5), a polícia local informou que várias peças apareceram perto dos picos de Jungfrau e Monch. 

Os órgãos ainda detalharam que os destroços foram encontrados na quinta-feira (4) e os trabalhos de recuperação devem iniciar assim que possível.

O jornal '24 Heures', por sua vez, apontou que as peças foram descobertas por um guia de montanha durante uma expedição pela região.

"As investigações determinaram que os fragmentos pertencem aos destroços de um Piper Cherokee, matrícula HB-OYL, que caiu naquele local em 30 de junho de 1968", detalhou a fonte.

Conforme o jornal '24 Heures', na época, o avião havia saído de Zurique, cidade da Suíça, e levava um professor, um médico e o filho do profissional de saúde.

No entanto, a aeronave sofreu um acidente entre os dois picos, o que levou ao acidente. Apesar dos corpos terem sido recuperados na época, os destroços do avião não foram.

"Na época do acidente, há mais de 50 anos, os recursos técnicos eram limitados. Com os meios atuais e o derretimento do gelo, provavelmente será possível recuperá-lo agora", concluiu a polícia.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo