Refugiado do Senegal presta declaração falsa ao pedir visto de residência e acaba preso em Fortaleza

De acordo com a Polícia Federal, o estrangeiro mentiu ao dizer que mantinha um casamento no Brasil

Um senegalês foi preso em flagrante nesta terça-feira (5), por prestar declaração falsa durante procedimentos de autorização de residência expedida pela Polícia Federal, em Fortaleza. Durante a entrevista, o homem declarou falsamente que mantinha um casamento no Brasil. 

De acordo com a Polícia Federal, os agentes verificaram a documentação necessária e constataram a falsa informação. Caso fosse verdadeiro, o matrimônio permitiria que o estrangeiro obtivesse o registro de permanência no Brasil.

O senegalês recebeu voz de prisão pelo crime de falsidade ideológica. Segundo as investigações o africano está no Brasil na condição de refugiado. Em depoimento, declarou ser comerciante ambulante no interior do Ceará.

Ele foi encaminhado à Superintendência Regional da Polícia Federal, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança