Posto de combustíveis clandestino é desativado pela polícia em Independência; dois são presos

No local foram encontrados mais de 1,5 mil litros de gasolina e diesel armazenados sem condições de segurança

Legenda: Polícia Civil desativa posto de combustíveis clandestino em Independência
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um posto de combustíveis clandestino foi desativado pela Polícia Civil de Independência na noite desta sexta-feira (20). Dois homens foram presos suspeitos de transportar e armazenar de forma ilegal os combustíveis. No local do flagrante foram encontrados mais de 1,5 mil litros de gasolina e diesel. 

As investigações tiveram início a partir de denúncias recebidas pela polícia do transporte irregular para áreas afastadas da sede do município. Os agentes chegaram ao estabelecimento na localidade de Várzea Grande, onde foram apreendidos 36 tambores e cinco barris, além de funis, mangueiras, uma bomba de combustível, um aparelho celular e uma caminhonete F4000, veículo que fazia o transporte da carga. 

José Medeiro de Macêdo (61), apontado como responsável por armazenar os combustíveis; e Manoel Ronilton Bezerra Canuto (40), que era a pessoa que transportava o material, foram levados à Delegacia Regional de Crateús, onde foram autuados em flagrante por crime contra a paz pública. A polícia procura ainda por outros envolvidos, incluindo a mulher que seria a dona do posto clandestino.