Idosa segue internada em estado grave após cair de carro conduzido por motorista de app, na capital

Caso aconteceu na noite do domingo (6), no bairro Granja Portugal

Segue internada em estado grave a idosa de 70 anos que caiu de um carro em movimento conduzido por um motorista de aplicativo, na noite do último domingo (6), no bairro Granja Portugal, em Fortaleza. Segundo a família, ela precisa de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por causa dos ferimentos causados pelo acidente. 

Depois de sair de um aniversário, a filha da vítima solicitou uma corrida por meio de um aplicativo de transporte. Nos primeiros instantes da viagem, ela tentou voltar ao ponto de partida para pedir um novo carro ao perceber que o homem se sentiu incomodado com a presença das crianças e da jovem que acendeu a lanterna do celular no banco de trás.

"Após andar por cerca de 400 ou 500 metros, ele notou que havia duas crianças e pediu para que eu segurasse bem meu filho para ele não se machucar, caso ele precisasse frear, e eu já achei isso estranho. Logo em seguida, ele reclamou pelo fato de minha sobrinha ligar a luz do telefone e passou a acelerar bastante o carro", afirmou.

Ao ver que o motorista não parava, ela resolveu sair do veículo em movimento com os dois filhos e a sobrinha e foi amparada na rua por populares. Contudo, a mãe dela continuou no interior do automóvel e veio a cair logo mais a frente, próximo a uma rua sem saída. 

"Depois que pulamos do carro ele continuou dirigindo com minha mãe dentro do veículo, até que ela caiu. Testemunhas me disseram que ao chegar em uma rua sem saída ele ainda deu marcha a ré e passou por cima da minha mãe", disse.

Ainda segundo ela, a mãe teve os dois pulmões perfurados, além de ter tido ferimentos nos braços, pernas, tornozelos e diversos arranhões pelo corpo. A família está traumatizada com o caso e pede justiça. "Sou acostumada a pegar carro que trabalha por aplicativo e nunca tive problemas como esse. Ele foi na delegacia e foi liberado. O estado de saúde da minha mãe é grave e eu quero justiça",finaliza.

Suspeito ouvido e liberado

Em nota, a Polícia Civil informou que o homem envolvido na ação vai responder a um inquérito que apura a ocorrência de homicídio culposo tentado, na modalidade de trânsito. 

Segundo os levantamentos, ele dirigiu de forma perigosa pelas ruas do bairro, fazendo com que quatro dos cinco passageiros resolvessem abandonar a corrida. Contudo, a idosa permaneceu no interior do carro e caiu após manobras bruscas realizadas pelo suspeito, que foi ouvido e liberado. 

O 12º Distrito Policial vai continuar investigando o caso. 

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados