Homem finge estar com revólver e assalta PM na Parangaba; comparsa era motorista de aplicativo

Força Tática do 18º Batalhão encontrou a dupla no bairro Bela Vista, e os homens confessaram o crime

Escrito por Redação,

Segurança
Suspeitos de assaltar policial militar na viatura da PM
Legenda: Joel Félix e Carlos Rotman foram conduzidos ao 30º Distrito Policial (DP), no bairro Conjunto São Cristovão, em Fortaleza
Foto: Rafaela Duarte

Uma policial militar foi assaltada, na tarde de segunda-feira (8), no bairro Parangaba, em Fortaleza. A Polícia Militar informou que os dois chegaram em um carro, um desceu e, fingindo estar com um revólver, ameaçou e levou a bolsa com os pertences da agente de Segurança Pública, enquanto o comparsa — motorista de aplicativo — ficou no veículo para dar apoio à fuga.

Logo após o fato, a Polícia Militar foi acionada via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), e deu início ao patrulhamento à procura dos suspeitos. 

Horas depois, equipes da Força Tática do 18º Batalhão encontraram a dupla no bairro Bela Vista, também na capital cearense, e os homens confessaram o crime.

Um deles, Joel Félix de Oliveira, 33, informou aos agentes que atuava como motorista de aplicativo. Ele já respondia pelo crime de trânsito. O outro, Carlos Rotman Xavier do Nascimento, 20, já tinha duas passagens por roubo, conforme a Polícia Militar. 

Procedimento

Na abordagem ao veículo dos suspeitos, a composição encontrou os objetos que foram levados da policial militar e, em seguida, conduziu Joel Félix e Carlos Rotman ao 30º Distrito Policial (DP), no bairro Conjunto São Cristovão, em Fortaleza.

Também de acordo com a Polícia Militar, o carro em que os suspeitos estavam foi apreendido. Não havia queixa de roubo contra o veículo.

A Polícia Civil investigará o caso para saber se há outros envolvidos na ação ou se eles integram alguma facção criminosa. As imagens gravadas por câmeras de videomonitoramento do local do roubo ajudarão nas apurações