Frota de ônibus é reduzida após ataques em Fortaleza e Região Metropolitana

O plano de contingência prevê a redução de linhas sobrepostas, aquelas que fazem o mesmo itinerário com pequenas variações

A frota de ônibus de Fortaleza será reduzida após uma série de ataques ocorridos na Capital e na Região Metropolitana entre a noite da quarta (2) e a manhã desta quinta-feira (3). Pelo menos cinco transportes coletivos foram incendiados no período 

O mais recente foi no fim da manhã, na Av. Cônego de Castro, no Parque Santa Rosa, a dois quarteirões de onde foi registrado o segundo incêndio a coletivo. O primeiro ocorreu ainda na noite de quarta, no Bairro Edson Queiroz. Segundo o Sindiônibus, outros dois veículos foram parcialmente queimados no Bonsucesso e Serrinha.

O plano de contingência prevê a redução de linhas sobrepostas, aquelas que fazem o mesmo itinerário com pequenas variações.

Veja a nota da Etufor:

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (ETUFOR) informa que, assim como ocorreu em outras situações de ataques a ônibus na capital, colocou em prática um plano de contingência do setor de transporte coletivo. O plano que visa, principalmente, a segurança dos passageiros, prevê a redução de linhas sobrepostas e o desvio nos locais em que aconteceram os ataques.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados