Fiscalização interdita sete salões de beleza abertos em Fortaleza durante lockdown nesta sexta (26)

Apenas atividades econômicas essenciais pode funcionar até 4 de abril

Escrito por Redação,

Segurança
foto
Legenda: Agefis interditou sete salões de beleza e barbearias que estavam abertos irregularmente nesta sexta-feira (26)
Foto: Reprodução/Agefis

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) interditou sete salões de beleza e barbearias que estavam abertos, nesta sexta-feira (26), durante o lockdown. Até 4 de abril, apenas atividades econômicas essenciais podem funcionar em todo o Ceará. Na capital, a medida está em vigor desde 5 de março. 

Durante o período de isolamento rígido, salões de beleza, barbearias, academias, comércio de rua, shoppings, bares e restaurantes têm funcionamento proibido.

Conforme a Agefis, 89 salões e barbearias foram fiscalizados na sexta-feira. Os estabelecimentos que estavam funcionando irregularmente são dos bairros Passaré, Vila Velha, Manoel Dias Branco e Praia de Iracema

foto
Legenda: Salões fechados estão localizados nos bairros Passaré, Vila Velha, Manoel Dias Branco e Praia de Iracema
Foto: Reprodução/Agefis

Não foi informado se os proprietários dos estabelecimentos foram autuados. A operação de fiscalização incluiu agentes da Agefis, da Polícia Militar e da Guarda Municipal. 

É possível denunciar estabelecimentos abertos irregularmente por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza, do site denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156.

Assuntos Relacionados